Show simple item record

dc.contributor.advisorSantos-Pinto, Lourdes dos [UNESP]
dc.contributor.authorRestrepo, Manuel Restrepo [UNESP]
dc.date.accessioned2017-01-04T16:11:44Z
dc.date.available2017-01-04T16:11:44Z
dc.date.issued2016-12-12
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/147065
dc.description.abstractO objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência e severidade de fluorose dentária (FD) em crianças de 8 a 12 anos do distrito de El Cedro (Ayapel, Colômbia), identificando possível associação com cárie dentária, hipomineralização molar-incisivo (HMI) e seu impacto na Qualidade de Vida Relacionada à Saúde Bucal (QVRSB). Assim como, analisar a concentração de flúor (F) presente na água e no sal de consumo humano. Dois examinadores calibrados avaliaram 187 crianças e registraram a FD segundo o índice proposto por Thylstrup e Fejerskov (TF) (1978), cárie dentária (CPO-D e ceo-d) e HMI (Weerheijm et al., 2003). As percepções das crianças sobre a QVRSB foram mensuradas através do Child Perception Questionnaries (CPQ) nas versões específicas para crianças de 8-10 anos (CPQ 8-10) e de 11-12 anos (CPQ 11-14). Além disso, foram analisadas 25 amostras de água e 11 pacotes de sal para determinar a concentração de flúor utilizando um eletrodo íon-específico previamente calibrado. Os dados foram tabulados e analisados por meio de estatística descritiva, pelo teste Qui-quadrado, Kruskal-Wallis e ANOVA complementado pelo teste de Tukey ao nível de significância de 5 %. A prevalência da fluorose foi de 85 % e não foi observada uma relação estatisticamente significante entre a FD a presença de cárie dentária e HMI. Também não foi encontrada associação da presença da FD com a QVRSB. A água apresentou uma concentração média de 0,10 ppm F. A concentração de F no sal variou de 2,90 a 228,39 ppm F (média 123,6 ± 89,4), sendo identificada diferença estatística entre as marcas de sal avaliadas (p< 0.0001). Assim, a alta prevalência da FD não interfere na qualidade de vida das crianças e, frente a variabilidade da quantidade de fluoreto presente no sal, sugere-se que o processo de incorporação de F deve ser melhorado e controlado pelo governo colombiano.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectFlúorpt
dc.subjectEpidemiologiapt
dc.subjectFluorose dentáriapt
dc.subjectPrevalênciapt
dc.subjectSaúde bucalpt
dc.titleEstudo epidemiológico de defeitos de esmalte e cárie dentária e o impacto na qualidade de vida em crianças expostas a altos níveis de flúorpt
dc.title.alternativeEstudio epidemiológico sobre defectos de esmalte y caries dental y el impacto en la calidad de vida en niños expuestos a altos niveles de fluoruroes
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Odontológicas - FOARpt
unesp.knowledgeAreaOdontopediatriapt
unesp.researchAreaFormação e desenvolvimento crânio-dento-facialpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Odontologia, Araraquarapt
unesp.embargo24 meses após a data da defesapt
dc.identifier.aleph000877924
dc.identifier.capes33004030010P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record