Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Larissa Maués Pelucio [UNESP]
dc.contributor.authorMelo, Késia Maria Maximiano de [UNESP]
dc.date.accessioned2018-05-24T19:09:26Z
dc.date.available2018-05-24T19:09:26Z
dc.date.issued2016-02-22
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/154086
dc.description.abstractEsta pesquisa teve como objetivo central a compreensão do modo pelo qual as pessoas trans têm se apropriado de espaços online de interação a fim de fomentar debates políticos, e tecer redes de solidariedade e sociabilidade, e de que forma essas interlocuções repercutem na formação de uma consciência política em torno dos direitos dessas pessoas. Para tal, parto da investigação da proliferação desses espaços, tomando como ponto de partida um grupo da plataforma Facebook, (mas não permanecendo apenas nele), visto não somente o quantitativo de membros no grupo, mas, principalmente, as temáticas frequentemente discutidas e a participação ativa de um elevado número de participantes nas discussões. Utilizo-me da etnografia multissituada como aporte teóricometodológico, especialmente no que diz respeito ao entrecruzamento entre as interações on e offline, tendo em vista que o acesso a novas possibilidades tecnológicas e a novos espaços de discussão, associada a transformações sociais e políticas tendem a modificar a forma com que as pessoas trans experienciam os sentidos atribuídos ao ser e se tornar pessoa trans, e a buscar alternativas de enfrentamento em relação aos mecanismos que garantem a delimitação de espaços, dinâmicas e direitos. Desse modo, ao buscar analisar os discursos que são acionados a partir das discussões nesses espaços e a forma com que eles marcam espaços offline de interação, utilizo-me do referencial teórico Queer, e dos estudos feministas, além do estudo sócio antropológico sobre mídias digitais.pt
dc.description.abstractThis research aimed to understand the way in which trans people have appropriated online spaces of interaction in order to foment political debates, and to create networks of solidarity and sociability, and in what way these interlocutions have repercussions in the formation of a political awareness of the rights of these people. To do so, I proceed from the investigation of the proliferation of these spaces, taking as a starting point a group of the Facebook platform, (but not remaining only in it), seen not only the number of members in the group, but mainly the topics often discussed and the active participation of a large number of participants in the discussions. I use multi-situational ethnography as a theoretical and methodological contribution, especially in relation to the interlinking between on and offline interactions, given that access to new technological possibilities and new spaces of discussion, associated with social and political transformations tend to to change the way in which trans people experience the meanings attributed to being and become a trans person, and to seek alternatives to coping with the mechanisms that guarantee the delimitation of spaces, dynamics and rights. Thus, in seeking to analyze the discourses that are triggered from the discussions in these spaces and the way in which they mark offline spaces of interaction, I use Queer's theoretical framework and feminist studies, as well as the anthropological socio-digital study on digital media.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectTeoria queerpt
dc.subjectMídias digitaispt
dc.subjectPessoas transpt
dc.subjectSociabilidadespt
dc.subjectArticulação políticapt
dc.subjectQueer theoryen
dc.subjectDigital mediaen
dc.subjectPeople transen
dc.subjectSociabilitiesen
dc.subjectPolitical articulationen
dc.title"Consciência, news e glamour": a internet como espaço alternativo de sociabilidade e ativismo entre pessoas transpt
dc.title.alternative"Consciência, news e glamour": the internet as an alternative space of political articulation and sociability among transgender peopleen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FFCpt
unesp.knowledgeAreaCiências sociaispt
unesp.researchAreaCultura, identidade e memóriapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000902164
dc.identifier.capes33004110042P8
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record