Show simple item record

dc.contributor.advisorMoreira, César Augusto [UNESP]
dc.contributor.authorCasagrande, Matheus Felipe Stanfoca
dc.date.accessioned2019-04-11T17:43:46Z
dc.date.available2019-04-11T17:43:46Z
dc.date.issued2019-04-05
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/181489
dc.description.abstractUm problema recorrente na indústria mineradora é a drenagem ácida de mina (DAM), causada principalmente pela oxidação de minerais sulfetados, como a pirita, e geração de águas de baixo pH com o potencial de mobilização de elementos químicos tóxicos e consequente geração de sítios de contaminação. A recuperação destas áreas degradadas nem sempre é um processo simples e barato, onde a impermeabilização, remoção do material e recuperação in situ são algumas das opções atualmente disponíveis para se evitar a continuidade e progressão das drenagens ácidas, que podem se estender por centenas de anos caso nenhuma medida concreta seja empregada. Nas últimas décadas a geofísica tem se mostrado uma ferramenta de extrema utilidade em estudos hidrogeológico e ambientais, tanto na identificação quanto nas etapas de caracterização e monitoramento das plumas de contaminação, com destaque para os métodos geoelétricos da Eletrorressitividade (ER) e Polarização Induzida (IP), aplicados sempre de maneira complementar a métodos de investigação direta e com a vantagem do baixo custo e rapidez na aquisição de dados. É neste contexto de contaminação que está inserida a pilha de estéreis denominada BF-04 da mina de urânio Osamu Utsumi. O local faz parte do Complexo Alcalino de Poços de Caldas, onde atividades ígneas-policíclicas deram origem a diversas rochas do clã dos Nefelina-sienitos. A avaliação da resposta geoelétrica foi realizada através da técnica de tomografia elétrica com arranjo Schlumberger e compreendeu 11 linhas de aquisição de aproximadamente 400 metros cada. Os resultados mostraram anomalias de baixa resistividade de até 10 Ω.m e foram relacionadas à água subterrânea de alta salinidade, fruto do processo de DAM. Associadas a estas anomalias foram observadas zonas de alta cargabilidade (> 10,1 mV/V) contrastantes ao material estéril da BF-04 e tidas por zonas sulfetadas residuais e reativas. Com base nos modelos pseudo-3D e multiníveis, foi possível ainda a constatação de padrões e linhas de fluxos no interior da BF-04, da provável infiltração das águas do canal do Córrego da Consulta para dentro do sistema e a delimitação de regiões de reação dos sulfetos residuais e geração da DAM. Os resultados obtidos darão substancial embasamento no planejamento e escolha dos métodos de remediação in situ por parte da empresa operadora do complexo mineiro.pt
dc.description.abstractAcid mine drainage (AMD) is a common issue in the mining industry and caused mainly by the oxidation process of sulfide minerals, such as pyrite, and the generation of low pH waters with potential mobilization of toxic elements and generation of contaminated sites. The remediation of those degraded areas is not an easy and inexpensive task, where the current in situ options comprise the sealing and/or removal of the material in order to avoid the continuity and progression of the acid mine drainage, which might last for several centuries without any factual measure. Over the last decades geophysics have been a very useful tool in hydrological and environmental studies, comprising the identification, characterization and monitoring of the contamination plumes, with emphasis on the DC Resistivity and Induced Polarization (IP) methods. Their application is usually complementary to direct investigation methods and also known by the low cost and celerity of the data acquisition. A waste rock pile (BF-04), affected by acid mine drainage process, is located at Osamu Utsumi uranium mine. The locality is related to the geological context of Poços de Caldas Alkaline Complex, where the polycyclic igneous activities originated many lithotypes belonging to nepheline syenite group. The analysis of the geoelectrical response was performed through the electrical resistivity tomography technique (ERT) with Schlumberger array and 400 meters long acquisition lines. The results showed conductive anomalies as low as 10 Ω.m, associated with high salinity groundwater generated by the ADM process. High values of chargeability (> 10,1 mV/V) were found adjacent to those conductive anomalies, creating a significant contrast in the waste rock material and correlated to the presence of reactive residual sulfide zones. The identification of the flux lines inside the BF-04 was based on the pseuo-3D and multilevel models, including the possibility of water infiltration from the Consulta creek channel in the system and also the delimitation of reactive sulfide zones where the ADM generation is likely to take place. The obtained results will give a substantial information base to the planning process and selection of the most suitable in situ remediation method by the local company.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectEletrorresistividadept
dc.subjectPotencial induzidopt
dc.subjectDrenagem ácidapt
dc.subjectPilha de estérilpt
dc.subjectElectroresistivityen
dc.subjectInduced polarizationen
dc.subjectAcid mine drainageen
dc.subjectWaste rock pileen
dc.titleInvestigação geofísica em pilha de estéril afetada por processo de drenagem ácida na mina Osamu Utsumi, Poços de Caldas-MGpt
dc.title.alternativeGeophysical survey in a waste rock pile affected by acid mine drainage process at Osamu Utsumi mine, Poços de Caldas-MGen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdFAPESP: 2018/14565-3.
unesp.graduateProgramGeociências e Meio Ambiente - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaGeociências e meio ambientept
unesp.researchAreaGeologia Ambientalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000915001
dc.identifier.capes33004137036P9
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record