Show simple item record

dc.contributor.advisorLovatto, Angélica [UNESP]
dc.contributor.authorAlcantara, Rafael dos Santos [UNESP]
dc.date.accessioned2019-12-03T15:00:58Z
dc.date.available2019-12-03T15:00:58Z
dc.date.issued2019-10-31
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/191159
dc.description.abstractEste trabalho tem como proposta analisar o lugar da política na última grande obra de György Lukács intitulada Para uma Ontologia do Ser Social. Nossa hipótese é que Lukács, ao abordar a questão da práxis política como um complexo do ser social, colocou questões que permitiram abordar esse tema de uma maneira mais ampla e profunda sobre os desdobramentos da dinâmica social, de tal forma que não se restringiu a questões ligadas a formas de Estado e/ou formas de gestão das instituições políticas. Assim, a política terá uma constante relação da imediaticidade social com a generidade humana, pois através dessa objetivação se desenvolverá possibilidades para um salto qualitativo para transformação da superestrutura social. Além disso, essa transformação do mundo objetivo, que tem seu fundamento ontológico no trabalho, permitirá um vínculo dialético entre o mundo material e as capacidades subjetivas, de modo em que transforme a atividade humana consciente e operativa. Deste modo, analisaremos quais os vínculos que permitem Lukács analisar o papel da categoria da política como uma das objetivações centrais na construção das relações sociais.pt
dc.description.abstractThis paper has as propose to analyse the position of the politics in the last great work of György Lukács named The Ontology of Social Being. Our hypothesis is that Lukács, when approaching the issue of politics praxis as a complex of the social being, has put questions that permitted broach the theme in a broader and profound manner about the unfoldings of social dynamics, in such a way that, was not restricted to issues connected to forms of State and/or forms of management of political institutions. Therefore, the politics will have a constant relation of the social immediacy with the human genericity, because through this objectification it will develop possibilities for a qualitative leap to the transformation of the social superstructure. Furthermore, this transformation of the objective world, that has its ontological fundament on labour, will enable a dialectic tie between the material world and the subjective capacities, in a way that transforms the human activity conscious and operative. Thereby, we will analyse which bonds that allow Lukács analyse the role of the category of the politics as one of the central objectifications in the construction of social relations.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.subjectOntologiapt
dc.subjectIdeologiapt
dc.subjectPolíticapt
dc.subjectPráxispt
dc.subjectSocialismopt
dc.subjectEmancipação humanapt
dc.subjectOntologyen
dc.subjectIdeologyen
dc.subjectPoliticsen
dc.subjectSocialismen
dc.subjectHuman emancipationen
dc.titleO lugar da política em Para uma ontologia do ser social: a politicidade enquanto um modelo da práxispt
dc.title.alternativeThe place of politics in The ontology of social being: the politicity whilst a model of the praxisen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdCAPES: 001
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FFCpt
unesp.knowledgeAreaCiências sociaispt
unesp.researchAreaDeterminações do mundo do trabalhopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
unesp.embargoOnlinept
dc.identifier.aleph000927588
dc.identifier.capes33004110042P8
unesp.advisor.lattes1013168571628687[1]
unesp.advisor.orcid0000-0001-6816-0009[1]
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record