Show simple item record

dc.contributor.advisorGuimarães, Solange Terezinha de Lima [UNESP]
dc.contributor.authorFrancisco, Débora Lopes [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:27:50Z
dc.date.available2014-06-11T19:27:50Z
dc.date.issued2011-11-04
dc.identifier.citationFRANCISCO, Débora Lopes. O desenho e a trilha interpretativa como instrumentos de percepção e interpretação da paisagem urbana no ensino de Geografia. 2011. 167 f. Dissertação - (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2011.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/95613
dc.description.abstractEsta pesquisa, realizada no campo do ensino de Geografia, tem como objetivo demonstrar uma experiência de ensino baseada no uso do desenho e da trilha interpretativa com alunos do 7° ano do Ensino Fundamental II, em uma escola particular em Ribeirão Preto – SP, realizada no ano de 2006. Inicialmente, buscamos evidenciar, a partir dos estudos de Vigotski, a concepção de indivíduos. Posteriormente, fizemos uma caracterização desses indivíduos no contexto da sociedade urbana contemporânea e dos territórios que ocupam na cidade de Ribeirão Preto, utilizando-nos da amostragem dos desenhos, documentos de análise da cidade, como expressão das percepções dos indivíduos. Por meio de uma ação dialógica estabelecida com os alunos, a partir de uma abordagem mais focada na análise sistêmica da paisagem, os desenhos foram projetados em transparência no retroprojetor e analisados através de uma metodologia de leitura da paisagem, entendida como trama, em que figuram muitos elementos colaborando com um sentido. Superada a etapa de ensino, caracterizada pelo uso dos desenhos, optamos por realizar a trilha interpretativa como nova ação necessária para garantir uma compreensão mais significativa da cidade, aproximando os conteúdos da cidade subjetiva com os da cidade objetiva. Para isso, tomamos como objeto de estudo o Quadrilátero Central da cidade de Ribeirão Preto (SP), Brasil, recorte intraurbano significativo de ensino para o grupo de indivíduos envolvidos na experiência, ao fazermos uma caracterização geral, a partir do levantamento bibliográfico em relação à natureza física, histórica e geográfica, bem como de inúmeras fontes iconográficas que subsidiaram a produção. Por fim, caracterizou-se a cidade de Ribeirão Preto pelas análises de sua paisagem urbana, delimitada pelo percurso da trilha...pt
dc.description.abstractThis survey, conducted in the teaching field of Geography, aims to demonstrate a learning experience based on drawing use and interpretive trail with students of the 7th year of elementary school II in a private school in Ribeirão Preto (State of São Paulo), held in 2006. Initially, the research aimed to evidence, from Vygotsky’s studies, the individuals’ conception. Later, a characterization of these individuals were performed in the context of contemporary urban society and of territories they occupy in the city of Ribeirão Preto, using the drawings sampling, city analysis documents, as an expression of individuals’ perceptions. Through a dialogical action established with the students, from a more focused approach on a systemic analysis of landscape, the drawings were projected on a transparency sheet in a overhead projector and analyzed through a reading landscape methodology, understood as plot, in which figures many elements collaborating to a sense. Overcome the teaching stage, characterized by the drawings use, a conduction of an interpretive trail was chosen as a new necessary action to ensure a more significant comprehension of the city approaching contents of the subjective city with the objective city. For this, the object taken in this study was the Central Quadrangle of Ribeirão Preto (State of São Paulo), Brazil, a significant intraurban cut for teaching the group of individuals involved in the experiment, a general characterization was made, from bibliographical survey regarding the physical, historical and geographical nature, as well as numerous iconographic sources that subsidized the production. Finally, the city of Ribeirão Preto was characterized by analysis of its urban landscape, bounded by the interpretive trail course. As the formulations, questions and... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent167 f. : il., tabs., mapas
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectGeografia - Estudo e ensinopt
dc.subjectDidáticapt
dc.subjectGeographyen
dc.titleO desenho e a trilha interpretativa como instrumentos de percepção e interpretação da paisagem urbana no ensino de Geografiapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGeografia - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaOrganização do espaçopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000695584
dc.identifier.filefrancisco_dl_me_rcla.pdf
dc.identifier.capes33004137004P0
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record