Oferta de micro-hábitats artificiais em riachos degradados: respostas das comunidades de peixes e macroinvertebrados

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-02-18

Autores

Manzotti, Angelo Rodrigo [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os ambientes dulcícolas figuram entre os mais importantes para a economia humana e entre os mais ameaçados pelas atividades antrópicas. A retirada ou modificação da estrutura vegetal marginal aos ambientes aquáticos desencadeia uma série de alterações negativas que levam a simplificação de hábitat e homogeneização da fauna. Dessa forma, diversos projetos de restauração e recuperação de rios e riachos estão sendo desenvolvidos em todo o mundo, partindo do princípio de que a manipulação do canal de drenagem, associado a adição de elementos diversificadores de hábitat são capazes de recuperar a qualidade biótica dos corpos d‟água pela oferta de meso e micro-hábitats passíveis de colonização. Sendo assim, os objetivos desse trabalho foram testar se a adição de estruturas artificiais de madeira e madeira com folhas seria capaz de promover o incremento na heterogeneidade de hábitat e alterar a composição e estrutura das comunidades de peixes e macroinvertebrados, interferindo na riqueza e abundância de guildas tróficas ou de uso de hábitat. Não encontramos nenhuma evidência de que a heterogeneidade de hábitat atue como fator estruturador das comunidades de peixes e macroinvertebrados. A oferta de micro-hábitats artificiais promoveu o aumento na heterogeneidade de hábitat, mas não alterou significativamente os atributos taxonômicos (riqueza e diversidade) e funcionais (diversidade e representatividade de guildas tróficas e de uso de hábitat) das comunidades aqui estudadas
The freshwater environments are among the most important human economy and among the most threatened by human activities. The withdrawal or modification of the plant structure to marginal aquatic environments triggers a series of negative changes that lead to habitat simplification and homogenization of fauna. Thus, various recovery and restoration projects of rivers and streams are being developed around the world, assuming that the manipulation of the drainage channel, associated with the addition of elements habitat diversifiers are able to recover the quality biotic of water bodies by offering meso and microhabitats subject to colonization. Therefore, the objectives of this study were to test whether the addition of artificial structures of wood and wood with leaves would be able to promote the increase in habitat heterogeneity and alter the composition and structure of fish and macroinvertebrates communities, interfering with the richness and abundance of trophic or habitat use guilds. We found no evidence that the heterogeneity of habitat acts as a factor structuring communities of fish and macroinvertebrates. The provision of artificial microhabitats promoted the increase in habitat heterogeneity, but did not significantly alter the taxonomic (richness and diversity) and functional attributes (diversity and representativeness of trophic and habitat use guilds) of the communities studied

Descrição

Palavras-chave

Ecologia animal, Ecologia aquatica, Ecologia de agua doce, Peixe - Ecologia, Ictiologia, Ecossistemas aquáticos, Comunidades animais, Animal ecology

Como citar

MANZOTTI, Angelo Rodrigo. Oferta de micro-hábitats artificiais em riachos degradados: respostas das comunidades de peixes e macroinvertebrados. 2013. 68 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, 2013.