O estágio atual da educação midiática e o impacto nas universidades brasileiras

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-03-17

Autores

Penha, Ana Luiza Paez Dib

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A desinformação é um dos grandes problemas da atualidade relacionados à internet. A educação midiática é uma das formas de combater esse problema, por isso ela está ganhando cada vez mais espaço nas escolas e na política. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é descrever o estágio atual da educação midiática no Brasil, considerando o ano de 2023. Para alcançar esse objetivo foi realizada uma pesquisa quantitativa e com o suporte teórico evidenciou-se a importância do desenvolvimento do pensamento crítico na formação dos indivíduos desde a Educação Básica. Para entender o quanto a educação midiática foi inserida em sua formação, foram aplicados 211 questionários com universitários e recém-formados brasileiros em universidades públicas e privadas. A partir da análise dos dados obtidos em conjunto com os dados secundários encontrados na internet verificou-se que os jovens conhecem muito pouco de tudo que envolve a educação midiática, e esse conhecimento muitas vezes não é o suficiente para impedi-los de acreditar e até de compartilhar uma informação falsa encontrada nas mídias. Além disso, a maior parte da amostra não tem o costume de sempre checar as fontes das informações que compartilha, que é um dos primeiros passos para tentar identificar uma informação falsa. Os resultados deste estudo podem contribuir para a área de educação e de comunicação, mostrando quais políticas públicas tem funcionado, além de apresentar uma escala de conhecimento de termos acerca da educação midiática.
Misinformation is one of the major problems of today related to the internet. Media education is the one of the ways to combat this problem, which is why it is gaining more space in schools and politics. In this context, the objective of this work is to describe the current stage of Media Education in Brazil, considering the year 2023. To reach this objective, a quantitative research was carried out and with theoretical support, the importance of the development of critical thinking in the formation of individuals since Basic Education was evidenced. To understand how much media education was included in their academic education, 211 questionnaires were applied with Brazilian university students and recent graduates from public and private universities. From the analysis of the data obtained together with the secondary data found on the internet, it was verified that young people know very little about everything that involves media education, and this knowledge is often not enough to prevent them from believing and even sharing false information found in the media. In addition, most of the sample is not in the habit of always checking the sources of the information they share, which is one of the first steps in trying to identify false information. The results of this study can contribute to the area of education and communication, showing which public policies have worked, in addition to presenting a scale of knowledge of terms about media education.

Descrição

Palavras-chave

Competência midiática, Comunicação e educação, Pensamento crítico, Desinformação

Como citar