Análise paleomagnética das rochas basálticas entre as formações Piramboia e Botucatu nos municípios de Descalvado e Santa Rita do Passa Quatro (SP)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-11-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A Bacia do Paraná, apesar de amplamente estudada, ainda carece de uma cronoestratigrafia precisa devido à falta de elementos bioestratigráficos efetivos. Estudos geocronológicos anteriores sugerem que o magmatismo da bacia ocorreu a partir de três pulsos principais, sendo o primeiro anterior à deposição da Formação Serra Geral, porém essa hipótese nunca foi testada. O principal objetivo deste estudo consistiu em estabelecer a idade dos derrames basálticos situados entre as formações Piramboia e Botucatu, a fim de verificar a existência de um eventual pulso magmático anterior à Formação Serra Geral. As informações obtidas contribuem para uma compreensão mais precisa da gênese e evolução dos sistemas petrolíferos associados. A área de pesquisa se concentrou na porção nordeste do estado de São Paulo, principalmente nos municípios de Santa Rita do Passa Quatro e Descalvado. A análise foi desenvolvida através do método do paleomagnetismo, utilizando desmagnetização por campo alternado e envolveu 60 amostras de basalto coletadas em 11 sítios distintos. Após as medições, os polos geomagnéticos virtuais (PGVs) e paleopolos magnéticos gerados foram comparados com o caminho aparente do polo paleomagnético (APWP) do Cráton do Paraná. Os resultados foram satisfatórios para a maior parte dos pontos amostrais e indicam duas datações distintas, uma de aproximadamente 140 milhões de anos, equivalente ao Cretáceo, tradicionalmente associada a gênese da Formação Serra Geral, e outra de 230 milhões de anos, do Triássico, que sustenta a hipótese de pulsos magmáticos anteriores ao evento Serra Geral. A evidência sugere que na região de Santa Rita do Passa Quatro houve um evento magmático prévio à Formação Serra Geral, fundamental para a migração dos hidrocarbonetos do sistema petrolífero Irati-Piramboia.
The Paraná Basin, despite being extensively studied, still lacks precise chronostratigraphy due to the absence of effective biostratigraphic elements. Previous geochronological studies suggest that magmatism in the basin occurred in three main pulses, with the first predating the deposition of the Serra Geral Formation; however, this hypothesis has never been tested. The primary objective of this study was to establish the age of basaltic flows between the Piramboia and Botucatu formations, aiming to verify the existence of a potential magmatic pulse preceding the Serra Geral Formation. The obtained information contributes to a more accurate understanding of the genesis and evolution of associated petroleum systems. The research area focused on the northeastern part of the state of São Paulo, particularly in the municipalities of Santa Rita do Passa Quatro and Descalvado. The analysis employed the paleomagnetic method, utilizing alternating field demagnetization, and involved 60 basalt samples collected from 11 distinct sites. Following the measurements, the virtual geomagnetic poles (VGPs) and magnetic paleopoles generated were compared with the apparent polar wander path (APWP) of the Paraná Craton. The results were satisfactory for the majority of sampling points, indicating two distinct datings. One, approximately 140 million years old, corresponding to the Cretaceous, traditionally associated with the genesis of the Serra Geral Formation, and the other, 230 million years old, from the Triassic, supporting the hypothesis of magmatic pulses preceding the Serra Geral event. The evidence suggests that in the region of Santa Rita do Passa Quatro, there was a magmatic event prior to the Serra Geral Formation, crucial for the migration of hydrocarbons in the Irati-Piramboia petroleum system.

Descrição

Palavras-chave

Paleomagnetismo, Formação Serra Geral, Triássico, Sistema Irati-Piramboia, Bacia do Paraná, Paleomagnetism, Serra Geral Formation, Triassic, Irati-Piramboia petroleum system, Paraná Basin

Como citar