Efeito da reabilitação oral com próteses totais convencionais sobre os estímulos perceptivos e a qualidade de vida

dc.contributor.advisorCarvalho, Karina Helga Turcio de [UNESP]
dc.contributor.advisorZuim, Paulo Renato Junqueira [UNESP]
dc.contributor.authorKataoka, Laís [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2021-03-10T12:55:37Z
dc.date.available2021-03-10T12:55:37Z
dc.date.issued2018-05-11
dc.description.abstractAging causes several modifications throughout the human body, including the stomatognathic system. A large portion of elderly suffers teeth loss along life and needs prosthetic treatment for devolution of the masticatory function. Many individuals opt for conventional complete dentures that might cause some oral discomfort and impact on the quality of life. This study aimed to evaluate the effect of oral rehabilitation with conventional complete dentures on stimulus perception and the quality of life. Patients from Complete Denture Clinic of Araçatuba Dental School and from the Clinic of Prosthesis Specialization Course of São Paulo Dental Surgeon Association- Araçatuba, were selected according to the previously established inclusion criteria. The selected patients signed a Consent Form. This study was approved by the Ethic Committee of Araçatuba Dental School (Opinion 1.165.721/2015). Before the new prostheses installation (T0), all the patients answered the Perception questionnaire and were submitted to the evaluation of quality of life (QoL) by the application of the Oral Health Impact Profile questionnaire for edentulous patients (OHIP-EDENT). The procedures above were repeated 30 (T1) and 100 days (T2) after the new prostheses installation. The data obtained from the Perception questionnaire were submitted to Q Cochran Test and the data obtained from OHIP-EDENT questionnaire were submitted to Kruskal-Wallis test, both with 5% significance (p<0.05). Fifteen patients, with mean age of 65 years, agreed to participate in this study. In relation to the Perception questionnaire, there was a statistical difference in oral discomfort at T2. In relation to OHIP-EDENT questionnaire there were statistical difference in the Masticatory-related complaints, Pain and oral discomfort and Psychological disability domains with higher negative impact at T1. It was concluded that the effects...en
dc.description.abstractO envelhecimento acarreta uma série de modificações funcionais no corpo humano, incluindo o sistema estomatognático. Grande parcela de idosos sofre perdas dentárias ao longo da vida e necessita de tratamento protético para devolução da função mastigatória. Muitos optam pelo uso de próteses totais convencionais, que podem causar alguns desconfortos orais e impacto sobre a qualidade de vida. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da reabilitação oral com próteses totais convencionais sobre os estímulos perceptivos e a qualidade de vida. Foram selecionados pacientes da Clínica de Prótese Total da Faculdade de Odontologia de Araçatuba (UNESP) e da Clínica do Curso de Especialização em Prótese da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas (APCD) - Araçatuba, de acordo com critérios de inclusão pré-estabelecidos. Todos os pacientes selecionados assinaram um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Esse estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Odontologia de Araçatuba -UNESP (Parecer 1.165.721/2015). Previamente à instalação das novas próteses (T0), todos os pacientes, usando suas próteses velhas, responderam ao questionário de Percepção e foram submetidos à avaliação da qualidade de vida (QoL) pela aplicação do questionário Oral Health Impact Profile para pacientes edêntulos (OHIP-EDENT). Os procedimentos acima foram repetidos após 30 (T1) e 100 dias (T2) da instalação das novas próteses totais. Os dados obtidos pelo questionário de Percepção foram submetidos ao Teste Q de Cochran e os dados obtidos pelo questionário OHIP-EDENT foram submetidos ao teste de Kruskal-Wallis, ambos com 5% de significância (p<0,05). Quinze pacientes, com média de 65 anos de idade, participaram deste estudo. Para o questionário de Percepção, houve diferença estatística para a sensação de desconforto oral no período T2. Para o questionário...pt
dc.format.extent41 f.
dc.identifier.aleph990009125430206341
dc.identifier.citationKATAOKA, Laís. Efeito da reabilitação oral com próteses totais convencionais sobre os estímulos perceptivos e a qualidade de vida. 2018. 41 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2018.
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2019-04-18/000912543.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/203113
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAlma
dc.subjectIdosospt
dc.subjectPrótese totalpt
dc.subjectReabilitação bucalpt
dc.subjectPercepçãopt
dc.subjectDenture, Completept
dc.titleEfeito da reabilitação oral com próteses totais convencionais sobre os estímulos perceptivos e a qualidade de vidapt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Odontologia, Araçatubapt
unesp.undergraduateOdontologia - FOApt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
000912543.pdf
Tamanho:
1.13 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format