Influência de agentes adesivos, irradiação por microondas e ciclagem termomecânica na resistência de união entre uma resina acrílica termoativada e um reembasador rígido

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-07-04

Orientador

Junior, Tarcisio José de Arruda Paes

Coorientador

Pós-graduação

Odontologia Restauradora - ICT

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este trabalho tem como objetivo analisar a resistência de união entre uma resina acrílica ativada térmicamente (Vipiwave) e um reembasador rígido (Tokuyama rebase fast II) considerando-se fatores que possam influenciar nesta união, tais como: agentes adesivos, irradiação por micro-ondas e ciclagem termomecânica. Para a execução da pesquisa estabeleceram-se 16 grupos (n=10), para qual foram confeccionados corpos de prova em formato cilíndrico(13mmx23mm) em resina acrílica termoativada em forno de micro-ondas. Após a polimerização, estes receberam acabamento com lixa d’agua 400 e tiveram suas superfícies tratadas com Tokuyama Rebase II adhesive, adesivo Palabond ou o monômero da resina Vipiwave, e reembasados. Uma parte dos corpos de prova foi tratado em micro-ondas, sendo imersos em 200ml de água, e submetidos a um ciclo de 3 min a 650W. Outros grupos foram levadosa ciclagem termomecânica, onde o estresse mecânico foi de 10.000 ciclos a 3,8 Hz. Todos os corpos de prova foram submetidos ao teste de cisalhamento, com velocidade de 1mm/min e carga de 100Kgf em máquina de ensaios universal. Os corpos de prova passaram em avaliação por perfilometria. Após obtenção dos resultados, estes foram submetidos a análise estatística por Anova e Tukey (5%) para comparação entre os grupos. Verificou-se que tanto a irradiação em micro-ondas quanto a ciclagem termomecânica melhoraram significativamente a união nos grupos tratados com Palabond. Os grupos Tokuso e controle apresentaram melhor resistência adesiva após a ciclagem embora o grupo controle apresentasse os piores valores de resistência em todas as situações. Já os resultados de perfilometria mostraram que o adesivo Palabond criou uma superfície mais rugosa (Ra=185,4 m) quando comparado ao grupo Tokuso (Ra= 121,9 m). Concluiu-se desta...

Resumo (inglês)

The aim of this study was to analyze the shear bond strength between a heat-activated acrylic resin (Vipiwave) and a soft liner (Tokuyama Rebase Fast II) considering factors that can influence bonding, such as adhesive agents, microwave irradiation and thermomechanical cycling. Sixteen groups (n=10) were stablished, and specimens of heat-activated acrylic resin were fabricated in a cylindrical shape (13mmx23mm) in microwave oven. After curing, they were finished with #400 sandpaper, the bonded surfaces were treated with Tokuyama Rebase II adhesive, Palabond or Vipiwave monomer, and were relined with Tokuyama Rebase Fast II. Half of specimens were microwave-cured (3 minutes at 650W). Remainder were heat-cured in water. Half of specimens were thermomechanical cycled (10,000 cycles at 3.8 Hz). Specimens were submitted shear bond strength test with crosshead speed of 1mm/min in a universal testing machine. Fractured specimens were evaluated in profilometry. Data (MPa) were submitted to 3-way ANOVA and Tukey test, both with =0.05 for comparison between groups. Microwave-cured and thermamechanical cycled Palabond treated groups showed higher bond strength. Untreated groups showed the lowest shear bond strengths and the groups treated with Tokuyama adhesive the highest bond strength values. Profilometry showed that Palabond created a rougher surface (Ra = 185.4 m) compared to Tokuso (Ra = 121.9 m). It was concluded that the surface treatment prior to relining, especially with Palabond produces satisfactory results, and microwave irradiation and thermomechanical cycling showed improvement of bond strength

Descrição

Idioma

Português

Como citar

CAVALCANTI, Sâmia Carolina Mota. Influência de agentes adesivos, irradiação por microondas e ciclagem termomecânica na resistência de união entre uma resina acrílica termoativada e um reembasador rígido. 2012. 84 f. Dissertação ( mestrado) - Uiversidade Estadual Paulista, Faculdade de odontologia de São José dos Campos, 2012.