Impact of muscle fatigue on mechanics and motor control of walking

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-11-28

Orientador

Gobbi, Lilian Teresa Bucken

Coorientador

Pós-graduação

Ciências da Motricidade - IBRC

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo do estudo é analisar os efeitos da fadiga muscular na mecânica e controle motor do andar em diferentes ambientes. Uma série de estudos envolvendo fadiga e andar analisaram o impacto da fadiga no andar em diferentes ambientes, as mudanças no controle do andar relacionado com a fadiga muscular, e os efeitos da fadiga em diferentes grupos musculares na mecânica e controle do andar durante descida de degrau. A presente tese mostrou que a fadiga no quadríceps modifica substancialmente o padrão do andar independentemente do ambiente. No andar em ambiente regular, durante a ultrapassagem de obstáculo e durante a descida de obstáculo, a fadiga do quadríceps aumentou a base de suporte e reduziu a duração da passada, mas não modificou o posicionamento dos pés em relação ao obstáculo e ao degrau, melhorando o equilíbrio para evitar quedas. Ainda, a mecânica e o controle durante a última passada antes de descer o degrau e a aterrissagemforam dependenteda fadiga nos músculos do tornozelo ou joelho. Foi encontrado que a articulação usada para absorver a energia cinética na descida do degrau após fadiga dos músculos do tornozelo foi dependente da estratégia de descida usada, contato com o calcanhar ou com o metatarso. No entanto, a variabilidade da distancia horizontal pé-obstáculo da perna de abordagem e de suporte foi maior após ambos os protocolos de fadiga, indicando redução no controle do posicionamento do pé. Além disso, os efeitos da fadiga nos músculos do joelho no andar em ambiente regular e irregular de adultos jovens foram independentes do nível de atividade física, mas com efeito do envelhecimento. As modulações espaço-temporal e cinética nas duas tarefas depois da fadiga dos músculos do joelho iniciaram após a idade de 40 anos com estratégia mais arriscada...

Resumo (inglês)

The aim of the study is to analyze the effects of muscle fatigue on mechanics and motor control of walking in different environments. A series of walking experiments addressedmuscle fatigue impact in different gait tasks, age-related changes in control of gait with muscle fatigue, and effects of fatigue in different muscular group on mechanics and control of gait during stepping down. The present thesis showed that quadriceps muscle fatigue modifies gait fairly independent of the environment. In walking on a level surface, during obstacle crossing and during stepping down quadriceps fatigue caused with a wider basis of support and reduced stride duration, but without modulation of placement of the feet in crossing an obstacle and stepping down a curb. This strategyimproves the balance to avoid falling. Furthermore, the mechanics and control during the last stride before stepping down and in landing phase were dependent on whether ankle muscles or knee muscles were fatigued. It should be noted that the joint used to absorb kinetic energy in stepping down with ankle muscle fatigue was dependent on whether a heel or toe landing strategy was used. However, the variability of trailing and leading foot-step horizontal distance was higher after both fatigue protocols, which indicates a reduced control of foot placement. Moreover, the effects of knee muscle fatigue on even and uneven walking of young adults were independent of physical activity level but age-related. The spatial-temporal and kinetic modulations in both tasks after knee muscle fatigue started over 40 years old with a risky strategy for older individuals (over 60 years old). In conclusion: a) knee muscle fatigue affects medio-lateral balance control independently of type of gait, which were compensated by modulation of the spatial-temporal and kinetic parameters, angular... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

BARBIERI, Fabio Augusto. Impact of muscle fatigue on mechanics and motor control of walking. 2012. 95 f. Tese - (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2012.

Financiadores