O ato de assumir papéis por meio da criação de heterônimo e suas implicações morais

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-08-22

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

No contexto brasileiro atual há diversas manifestações desastrosas de ações impulsivas, violência e injustiça. Diante de todo esse quadro, o que fazer? Na tentativa de responder a tal indagação, direcionamo-nos aos valores subjacentes em determinados contextos. Partindo do pressuposto de que os valores morais são construídos e não ensinados, salientamos a relevância de práticas educativas, as quais busquem mediar a questão da moralidade, bem como, investigar o que está implícito às tomadas de decisão. É evidente que a escola não é o único ambiente formador, todavia, trata-se de um espaço enriquecedor e marcante na vida de toda criança ou adolescente. Tendo em vista a relevância da educação escolar, faz-se urgente e necessário direcionar um trabalho, o qual denote oportunidades, gerando reflexão em sala de aula e que, dessa forma, propicie meios para o processo de construção da autonomia dos alunos, evidenciando um direcionamento coerente aos meandros de uma formação cidadã, expressa nos documentos oficiais da educação. Sob a referida lógica, este estudo foi elaborado, buscando investigar os valores dos adolescentes perante a sociedade atual e ao mesmo tempo, verificar se a técnica de heterônimo – inspirada nas obras do poeta português Fernando Pessoa (1888-1935) –, com fundamentação teórica de Piaget (1896-1980) e Kohlberg (1927-1987), possibilita o trabalho com a discussão moral e a construção de princípios éticos. Os participantes são alunos de uma escola pública, na faixa etária de 14/15 anos, cursando o último ano do Ensino Fundamental. Com tal abordagem, os sujeitos tiveram oportunidade de criar o seu heterônimo, isto é, um “outro eu”. Os resultados inferem que os adolescentes, do estudo em questão, ao construir um perfil (heterônimo), respaldaram-se...
In the Brazilian current context there are several disastrous manifestations of impulsive actions, violence and injustice. Facing this whole picture, what is there to do? In the attempt of answering such inquiry, we directed into the underlying values inside some determined contexts. Starting from the assumption that the moral values are built and not taught, we stress the relevance of educational practices, which aim not only to mediate the morality question but also to investigate what is implicit in the making decision process. It is evident that the school is not the only educational environment, however, it is an enriching and remarkable place in the life of every child or teenage. Considering the relevance of the school education, it is urgent and necessary to create a kind of work which denotes opportunities generating reflection inside the classroom and, this way, it could propitiate means for the process of building the students´ autonomy, highlighting a coherent guide to the meanders of a citizenship formation expressed in the official documents of education. Under the referred logic, this study was elaborated trying to investigate the teenage values before the current society and, at the same time, to verify if the technique of heteronym – inspired by the works of the Portuguese poet Fernando Pessoa (1888- 1935) and under the theoretical fundaments from Piaget (1896-1980) and Kohlberg (1927-1987) enables the work with moral discussion and the construction of ethical principles. The participants are students of a public school aging 14/15 years old and studying in the last grade of elementary school. Based on this approach the subjects had the chance of creating their own heteronym, that is, “another me”, experiencing a new perspective, which means another view of a hypothetical situation... (Complete abstract click electronic acess below)

Descrição

Palavras-chave

Ética, Educação moral, Moral values

Como citar

BALDOVINOTTI, Angela Maria. O ato de assumir papéis por meio da criação de heterônimo e suas implicações morais. 2011. 204 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2011.