Antibioticoterapia no tratamento periodontal de pacientes diabéticos: revisão sistemática e meta-análise

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-09-11

Autores

Gonçalves, Maryelisa Vicente [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Diabetic patients have a poor response to periodontal treatment due to the modified response in immuno-inflammatory and healing process. Therefore, some clinical studies in humans have evaluated the effect of antibiotic therapy as an adjunct to periodontal treatment. The aim of this study was to conduct a systematic review and meta-analysis to evaluate the effectiveness of antibiotic therapy in periodontal treatment of diabetic patients. The research covered the period of December 1994 to March 2015. Meta-analysis was conducted according the recommendations of the Cochrane Collaboration and the principles of Prisma. Selection criteria were: randomized controlled clinical trials that used antibiotic therapy in periodontal treatment of diabetic patients. The differences in average weights, with a 95% confidence interval were calculated from the following parameters: probing depth reduction, clinical attachment level gain and reduction in bleeding on probing. The means in periodontal clinical parameters were compared between baseline and post-treatment periods, in test group and control group. The heterogeneity was assessed using the Cochran Q test (Q (df = 3)). The level of significance was 5%. After the selection process, six randomized controlled trials were included in the meta-analysis. Results indicate that scaling and root planing associated with antibiotic therapy promoted additional benefits when compared with the treatment without antibiotics, with more probing depth reduction (p <0.05, CI=-0.35, -0.07) and bleeding on probing (p<0.05, CI=-11.42, -6.02). However, due to the high heterogeneity, it was not possible to accurately determine the variation in clinical attachment level gain (p>0.05, CI = -0.32, 0.02). The limited number of studies and the heterogeneity require the realization of other randomized controlled clinical trials to clarify controversies about the use of antibiotics in diabetic
O paciente diabético tem uma resposta desfavorável ao tratamento periodontal devido à alteração da resposta imuno-inflamatoria e da cicatrização. Tendo isso em vista, alguns estudos clínicos em humanos tem avaliado o efeito do uso de antibioticoterapia como coadjuvante ao tratamento periodontal. Portanto, objetivou-se realizar uma revisão sistemática e meta-análise para avaliar a eficácia da antibioticoterapia no tratamento periodontal de pacientes diabéticos. A pesquisa compreendeu o período de Dezembro de 1994 a Março de 2015. A meta-análise foi conduzida de acordo com as recomendações do Cochrane Collaboration e dos princípios do Prisma. Os critérios de seleção utilizados foram: estudos clínicos controlados randomizados que usaram a terapia antibiótica no tratamento periodontal em pacientes diabéticos. As diferenças de pesos de médias, com intervalo de confiança de 95%, foram calculadas dos parâmetros de redução da profundidade de sondagem, ganho de nível de inserção clínica e redução do sangramento a sondagem. As médias dos parâmetros clínicos periodontais foram comparadas entre os períodos iniciais e após o tratamento, entre os grupos testes e grupos controles. A heterogeneidade foi avaliada com o uso do Teste Q de Cochran (Q(df=3)). O nível de significância foi de 5%. Depois do processo de seleção, seis estudos clínicos controlados randomizados foram incluídos na meta-análise. Os resultados indicam que a raspagem e alisamento radicular associada à antibioticoterapia promoveu benefícios adicionais quando comparados com a raspagem isolada, com maior redução de profundidade de sondagem (p<0,05, IC= -0,35,-0,07) e sangramento à sondagem (p<0,05, IC= -11,42,-6,02). No entanto, devido ao alto grau de heterogeneidade, não foi possível determinar com precisão a variação no ganho de inserção...

Descrição

Palavras-chave

Antibacterianos, Diabetes mellitus, Doenças periodontais, Anti-bacterial agents

Como citar

GONÇALVES, Maryelisa Vicente. Antibioticoterapia no tratamento periodontal de pacientes diabéticos: revisão sistemática e meta-análise. 2015. 37 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2015.