Processo de reparo em enxertos autógenos em bloco e osso bovino integral: análise histológica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-09-28

Autores

Salata, Juliana Schiavo [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The objective of this study was to evaluate the bone incorporation process of the autogenous graft and the heterogeneous integral biomaterial in block. For this, ten rabbits received the autogenous bone graft obtained from the left tibia (Autologous Group) or the heterogeneous integral biomaterial block (Biomaterial Group) at their right and left mandibular angles. Both blocks had a circular shape with 8mm diameter. The blocks were fixed by bicortical screws. After periods of 30 and 60 postoperative days the animals suffered euthanasia, and their right and left mandibular angles were dissected and fixed in 10% formaldehyde. Laboratory work was performed to obtain serial paraffin cuts mounted on slides. The qualitative microscopic analysis of the graft incorporation interface to the recipient bed was performed. By the microscopic qualitative analysis in the period of 30 days in the Autogenous Group one can observe process of incorporation with innumerable bridges of the receptor bed to the autogenous graft. Osteoplasts were present in the bone graft, suggesting that it was in the replacement phase. At 30 days in the Biomaterial Group one can note the process of incorporation with delay in relation to the Autogenous Group. It is also possible to observe the presence of the heterogenous integral biomaterial now surrounded by bone tissue, or by connective tissue in the phase of differentiation. At 60 days in the Autogenous Group we can observe the incorporation in an advanced phase with the presence of cementation line between the graft and the recipient bed. In the Biomaterial Group at 60 days, the presence of the biomaterial enveloped by bone tissue can be noticed next to the recipient bed. In the periphery of the biomaterial it is possible to notice the integral bone graft enveloped by fibrous connective tissue. In view of the obtained results it is concluded that both graft materials presented biocompatibility...
O objetivo deste estudo foi avaliar o processo de incorporação óssea do enxerto autógeno e do biomaterial integral heterógeno em bloco. Para tal, dez coelhos receberam aleatoriamente em seus ângulos mandibulares direito e esquerdo o enxerto ósseo autógeno obtido da tíbia esquerda (Grupo Autógeno) ou o bloco de biomaterial integral heterógeno (Grupo Biomaterial). Ambos os blocos apresentavam formato circular com 8mm de diâmetro. Os blocos foram fixados por parafusos bicorticais. Após períodos de 30 e 60 dias pós-operatórios os animais sofreram eutanásia, e seus ângulos mandibulares direito e esquerdo foram dissecados e fixados em formol 10%. Realizou-se o processamento laboratorial para obtenção de cortes em parafina seriados montados em lâminas. Foi realizada a análise microscópica qualitativa da interface de incorporação de enxerto ao leito receptor. Pela análise qualitativa microscópica no período de 30 dias no Grupo Autógeno foi observado o processo de incorporação com inúmeras pontes do leito receptor ao enxerto autógeno. Notou-se a presença de osteoplastos no enxerto ósseo, sugerindo que este estava em fase de substituição. Aos 30 dias no Grupo Biomaterial, verificou-se o processo de incorporação com retardo em relação ao Grupo Autógeno. Pode-se observar, também, a presença do biomaterial integral heterógeno envolto ora por tecido ósseo, ora por tecido conjuntivo em fase de diferenciação. Aos 60 dias no Grupo Autógeno, constatou-se a incorporação em fase avançada com a presença de linha de cimentação entre o enxerto e leito receptor. No Grupo Integral aos 60 dias, observou-se a presença do biomaterial envolto por tecido ósseo junto ao leito receptor. Na periferia do biomaterial foi possível notar o enxerto ósseo integral envolto por tecido conjuntivo fibroso. Diante dos resultados obtidos conclui-se que ambos os materiais de enxerto...

Descrição

Palavras-chave

Materiais biomédicos, Substitutos ósseos, Teste de materiais, Transplante heterólogo, Bone substitutes

Como citar

SALATA, Juliana Schiavo. Processo de reparo em enxertos autógenos em bloco e osso bovino integral: análise histológica. 2018. 31 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2018.