Helminto fauna de anfíbios da família Leptodactylidae em três fisionomias de Cerrado

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-02-24

Autores

Queiroz, Murilo de Souza [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The parasites are an important role in maintaining local diversity of hosts and ecosystem functions, but they are the first organisms to disappear because of human activities on the natural environment. Knowledge of the biological diversity on the planet is still pretty scarce and inventory the fauna of a particular portion of an ecosystem is the first step for the conservation, recovery, and the rational use of the environment. Wildlife inventories, descriptions of species and helmintofaunas revisions are necessary because enrich the understanding of parasitism in vertebrate groups and form a basis for future studies. For the Mato Grosso do Sul state studies on helminth parasites are restricted to wetland region so the objectives of this study are to describe the helminth fauna associated with frogs in the Leptodactylidae family, estimate the parasitic infection parameters: prevalence, intensity of infection and wealth of parasites in three Cerrado physiognomies in Selvíria, Mato Grosso do Sul. We collected 114 frogs in a year of collections, with a total of 72 days in open traps and 48 hours of active search. Of the 114 hosts 89 were parasitized (78% prevalence) and were collected in 1730 helminths belonging to 21 species. Nematoda was the most diverse group (12 species), followed by Trematoda (9 species) and Acanthocephala (1espécie). This study contributed to the increase in registration for new hosts parasite species, 22 new records, and were also reported three new species of helminths in the state of Mato Grosso do Sul
Os parasitas representam importante papel na manutenção da diversidade local de hospedeiros e das funções ecossistêmicas, porém são os primeiros organismos a desaparecer por causa das ações antrópicas sobre o ambiente natural. O conhecimento sobre a diversidade biológica existente no planeta é ainda consideravelmente escasso e inventariar a fauna de uma determinada porção de um ecossistema é o primeiro passo para a conservação, a recuperação, e o uso racional do meio ambiente. Inventários faunísticos, descrições de espécies e revisões de helmintofaunas são necessários, pois enriquecem a compreensão do parasitismo nos grupos de vertebrados e constituem uma base para os próximos estudos. Para o estado do Mato Grosso do Sul os estudos sobre a helmintofauna estão restritos a região do pantanal assim os objetivos desse estudo são descrever a fauna de helmintos associados à anuros da família Leptodactylidae, estimar os parâmetros de infecção parasitários: prevalência, intensidade de infecção e riqueza de parasitas em três fisionomias de Cerrado no município de Selvíria, estado do Mato Grosso do Sul. Foram coletados 114 anuros em um ano de coletas, com um total de 72 dias de armadilhas abertas e 48 horas de busca ativa. Dos 114 hospedeiros 89 estavam parasitados (78% de prevalência) e foram coletados 1730 helmintos pertencentes a 21 espécies. Nematoda foi o grupo mais diverso (12 espécies), seguido por Trematoda (9 espécies) e Acanthocephala (1espécie). Este estudo contribuiu para o aumento de registro de novos hospedeiros para espécies de parasitas, 22 novos registros, e também foram reportadas 3 novas espécies de helmintos no estado de Mato Grosso do Sul

Descrição

Palavras-chave

Leptodactylidae, Anuro, Helminto, Biodiversidade - Conservação, Zoologia, Biodiversity conservation

Como citar

QUEIROZ, Murilo de Souza. Helminto fauna de anfíbios da família Leptodactylidae em três fisionomias de Cerrado. 2015. 67 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências de Botucatu, 2015.