Gestão em bibliotecas públicas no contexto híbrido: um estudo comparativo de bibliotecas híbridas no âmbito nacional e internacional em prol do desenvolvimento de comunidades

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-05-09

Autores

Silva, Rafaela Carolina da [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Ao se considerar o ambiente de uma biblioteca pública como um organismo vivo, em constante mutação, que muda e se transforma em direção ao desenvolvimento da sociedade, fala-se em espaços híbridos, em que tecnologias tradicionais e digitais se complementam. Nesse contexto, a aplicação de estratégias de gestão da informação em bibliotecas híbridas proporciona à sua estrutura organizacional o desenvolvimento de políticas públicas favoráveis ao desenvolvimento de comunidades, na medida em que contribui para o bom funcionamento da instituição. O problema desta pesquisa vinculou-se ao potencial que as bibliotecas híbridas oferecem à sociedade. É a partir dessa percepção que se estabeleceu um elo entre os ambientes híbridos, a gestão da informação e o processo de desenvolvimento das comunidades por meio das bibliotecas públicas. O objetivo foi verificar de que maneira as bibliotecas híbridas, por meio de suas políticas públicas, tecnologias e estruturas organizacionais, podem oferecer estratégias de desenvolvimento das comunidades nas quais estão inseridas. A pesquisa se caracterizou por ser de natureza qualitativa, do tipo descritiva e exploratória e utilizou-se do método de Estudo de Casos Múltiplos, assim como do método comparativo de pesquisa Cross-Culture para realizar as comparações entre os contextos do Reino Unido e os do Brasil. A Análise de Conteúdo foi usada para estabelecer as categorias de base para a exploração dos dados, por meio do levantamento bibliográfico na literatura da Ciência da Informação acerca das semelhanças e diferenças existentes entre o conceito de “hibridez” e o ambiente estrutural da biblioteca pública. Algumas semelhanças entre as bibliotecas do Reino Unido e as do Brasil estão intimamente ligadas à proposta de que o papel dessas bibliotecas é mover ações para criar oportunidades de leitura e escrita para todos os grupos de sua população de usuários. No entanto, a grande diferença está no fato de as primeiras possuírem uma forte base teórica na literatura para o desenvolvimento de suas práticas, o que reflete nas múltiplas ações que concretizam o sentido do hibridismo nessas instituições. Observou-se que a aplicação da gestão da informação híbrida nos equipamentos culturais é indispensável para a promoção do acesso e atendimento às necessidades gerais do público alvo. É por meio da hibridez de informações, ferramentas, serviços e processos que as comunidades se desenvolvem. Desse modo, o conceito de bibliotecas híbridas deve ser visto como uma das atividades potenciais das bibliotecas públicas no desenvolvimento de suas comunidades.
In considering the environment of a public library as a living organism, constantly changing, which changes and turns towards the development of society, hybrid spaces are considered, where traditional and digital technologies are complementary. In this context, the application of information management strategies in hybrid library provides to its organizational structures the development of public policies favorable to the development of communities, in that it contributes to the smooth functioning of the institution. The problem of this research was linked to the potential that the hybrid libraries provide to society. From this perception, a link between hybrid environments, informational management and development process of communities was established through public libraries. The objective was to verify how the hybrid libraries, through their public policies, technologies and organizational structures can offer development strategies of communities in which are inserted. The research was characterized by a qualitative, descriptive and exploratory nature, and the Multiple Case Study method was used to compare the contexts of the hybrid libraries in the United Kingdom and Brazil. Content Analysis was a strategic tool used to establish the basic categories for data exploration, through a literature review in the Information Science literature about the similarities and differences between the concept of "hybridity" and the structural environment of the public library. Some similarities between the UK and Brazilian libraries are closely linked to the proposition that the role of these libraries is to move actions to create reading and writing opportunities for all groups of their user population. However, the great difference is the fact that the first have a strong theoretical basis in the literature for the development of their practices, which reflects in the multiple actions that concretize the sense of hybridity in these institutions. Therefore, it is believed that the application of the management of hybrid information in cultural equipments is essential for the promotion of access and service to the general needs of the target audience. It is through the hybridity of information, tools, services and processes that the communities are developed. Thus, the concept of hybrid libraries must be one of the potential activities of public libraries in the development of their communities.

Descrição

Palavras-chave

Bibliotecas híbridas, Bibliotecas públicas, Gestão da informação, Desenvolvimento de comunidades, Hybrid libraries, Public libraries, Information management, Community development

Como citar