Relação entre desempenho e infecções por nematódeos gastrintestinais em bovinos Nelore em crescimento

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2002-08-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária

Resumo

Este estudo teve por objetivo verificar a associação entre o desempenho e a carga parasitária de 28 machos inteiros da raça Nelore (a partir de um ano de idade), naturalmente infectados por nematódeos gastrintestinais. de novembro de 1999 a junho de 2000, os animais foram pesados quinzenalmente, período no qual foram colhidas amostras de fezes e de sangue para a realização, respectivamente, de exames coprológicos e sangüíneos. Os dados da contagem de ovos por grama de fezes (OPG) ajustaram-se ao modelo de distribuição binomial negativa, indicando que a distribuição de nematódeos no rebanho é agregada. Não ficou evidenciada associação entre ganho de peso e contagem de OPG, e entre contagem de OPG e volume globular (VG). de 10 coeficientes de correlação entre ganho de peso e VG, oito foram negativos, mas apenas dois significativos (P<0,05). As estimativas de repetibilidade da contagem de OPG, LOG (OPG+1) e VG foram de 0,26, 0,25 e 0,33, respectivamente. Cooperia punctata foi a espécie mais freqüentemente encontrada parasitando os animais. Além dessa espécie, foram detectados os seguintes nematódeos: Haemonchus placei, Haemonchus similis, Trichostrongylus axei, Bunostomum phlebotomum e Oesophagostomum radiatum. O parasitismo por nematódeos gastrintestinais aparentemente não prejudicou o desenvolvimento dos animais estudados.
This study was carried out to verify the association between the performance and the parasitic load of 28 growing Nelore bulls (one year old) naturally infected with gastrointestinal nematodes. From November/1999 to June/2000, the animals were weighed fortnightly and in this period fecal and blood samples were collected for laboratory analyses. The data of the egg counts per gram of feces (EPG) fitted into a negative binomial distribution model, indicating that the nematodes exhibit aggregated distribution. There was no clear evidence of association between the weight gain and the EPG or between the EPG counts and the packed cell volume (PCV). Eight of the 10 correlation coefficients between weight gain and PCV were negative, but only two were significant (P<0.05). The estimates of repeatability of the EPG, LOG (EPG + 1) and PCV were of 0.26, 0.25 and 0.33, respectively. Cooperia punctata was the species more frequently found and in heavier load parasitizing the animals. Besides this species, the following nematodes were observed: Haemonchus placei, Haemonchus similis, Trichostrongylus axei, Bunostomum phlebotomum and Oesophagostomum radiatum. The parasitism by these gastrointestinal nematodes at such loads apparently did not interfere with the growth of young bulls of the Nelore breed.

Descrição

Palavras-chave

Bovinos, Cooperia, Haemonchus, ganho de peso, volume globular, Cattle, Cooperia, Haemonchus, weight gain, packed cell volume

Como citar

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia. Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária, v. 54, n. 4, p. 351-357, 2002.