Médicos do Programa Mais Médicos no enfrentamento da pandemia por coronavírus na Atenção Primária à Saúde

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-04-20

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A Organização Mundial de Saúde definiu como pandemia o grande número de infecções por coronavírus em 11 de março de 2020 e recomendou o distanciamento social. Diante da progressão do vírus no Brasil, se tornou relevante reconhecer sob a ótica de médicos do Programa Mais Médicos (PMM) o impacto da pandemia por coronavírus frente ao trabalho na atenção primária como estratégia prioritária para organização do sistema de saúde, sustentada pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo deste estudo foi analisar o impacto da pandemia por coronavírus na percepção de médicos do PMM no seu trabalho na Atenção Primária à Saúde, diante do enfrentamento do SARS-COV 2. Trata-se de um estudo exploratório que utilizou metodologia qualitativa. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas com os médicos. Esses profissionais estavam sob supervisão de carácter pedagógico (acadêmica) do pesquisador por meio de instituição de ensino superior conforme determina o Ministério da Educação (MEC). Os dados de identificação e algumas características dos entrevistados foram apresentados de forma descritiva atendendo a requisitos éticos. Foram entrevistados dez médicos, por meio virtual, na plataforma google meet. As entrevistas duraram em média 1 hora, todas gravadas e transcritas pelo pesquisador. Os dados qualitativos foram analisados a partir de Gomes e Minayo. Por meio de leitura densa foram construídas três categorias temáticas: Despreparo frente aos desafios da chegada da pandemia; a função da supervisão médica no PMM e sua importância na pandemia; desmonte e reorganização do atendimento frente à chegada do covid-19. Observou-se que na visão dos médicos, a Atenção Primária a Saúde ficou fragilizada durante o período pandêmico, devido à falta de coordenação e orientações adequadas, com muitas dúvidas e insegurança dos profissionais para realização do tratamento da doença, falta de equipamentos de proteção individual, além da realocação de profissionais das Unidades Básicas de Saúde para centrais ce atendimento Covid, acarretando aumento do estresse. A presença do supervisor dos médicos foi uma marca para possibilitar o cuidado e a qualificação do trabalho na pandemia. Conclui-se que mesmo sendo relatado como um momento caótico, como aponta Vygotsky, o ser humano aprende através da interação e este período proporcionou aprendizados como valorização do conhecimento científico, da vida e do trabalho em equipe.
The World Health Organization defined the large number of coronavirus infections on March 11, 2020 as a pandemic and recommended social distancing. In view of the progression of the virus in Brazil, it became relevant to recognize, from the perspective of doctors from the Mais Médicos Program (PMM), the impact of the coronavirus pandemic on work in primary care as a priority strategy for organizing the health system, supported by the principles and guidelines of the Unified Health System (SUS). The objective of this study was to analyze the impact of the coronavirus pandemic on the perception of PMM physicians in their work in Primary Health Care, when facing SARS-COV 2. This is an exploratory study that used a qualitative methodology. Data collection was performed through semi-structured interviews with physicians. These professionals were under the supervision of a pedagogical (academic) nature by the researcher through a higher education institution as determined by the Ministry of Education (MEC). The identification data and some characteristics of the interviewees were presented in a descriptive way, meeting ethical requirements. Ten physicians were interviewed, via virtual means, on the google meet platform. The interviews lasted an average of 1 hour, all recorded and transcribed by the researcher. Qualitative data were analyzed from Gomes and Minayo. Through dense reading, three thematic categories were constructed: Unpreparedness in the face of the challenges of the arrival of the pandemic; the role of medical supervision in the PMM and its importance in the pandemic; disassembly and reorganization of care in view of the arrival of covid-19. It was observed that in the view of the doctors, Primary Health Care was weakened during the pandemic period, due to the lack of coordination and adequate guidelines, with many doubts and insecurity of the professionals to carry out the treatment of the disease, lack of personal protective equipment , in addition to the relocation of professionals from Basic Health Units to Covid service centers, leading to increased stress. The presence of the physicians' supervisor was a mark to enable the care and qualification of work in the pandemic. It is concluded that even being reported as a chaotic moment, as Vygotsky points out, the human being learns through interaction and this period provided learning such as appreciation of scientific knowledge, life and teamwork.

Descrição

Palavras-chave

Programa Mais Médicos, Atenção primária a saúde, COVID-19 (Doença), Consórcios de Saúde, Pandemias, Coronavírus

Como citar