Efeitos do atipamezol e ioimbina na recuperação da anestesia com dexmedetomidina e cetamina, em papagaios verdadeiros (Amazona aestiva)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-02-24

Autores

Monteiro, Sharlenne Leite da Silva [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente estudo relata os efeitos causados pela contenção química com dexmedetomidina (25μg/kg) em associação com a cetamina (30 mg/kg) e compara a reversão dos efeitos da dexmedetomidina com atipamezol, na dose de 0,5mg/kg, e ioimbina, na dose 0,2 mg/kg em papagaios verdadeiro (Amazonas aestiva). Foram utilizados oito animais, machos, adultos e hígidos submetidos a jejum alimentar e hídrico de 2 horas. O protocolo foi aplicado pela via intramuscular no músculo peitoral superficial. Imediatamente após a sedação do animal, o mesmo foi colocado em uma mesa com colchão térmico onde eram aferidos os seguintes parâmetros: frequência cardíaca, respiratória, temperatura cloacal e pressão arterial sistólica. Estes parâmetros foram aferidos em intervalos de 10 minutos. Escorrido os 30 minutos da anestesia era aplicado 0,1 mL de solução NaCl 0,9% para o tratamento controle, dose de 0,5 mg/kg no tratamento atipamezol e dose de 0,2 mg/kg para o tratamento ioimbina administrados pela via intravenosa na veia ulnar das aves. Após a aplicação do antagonista α2-adrenérgico o animal foi posicionado em uma gaiola em decúbito dorsal, quando o animal adotava o decúbito esternal era definido como período de reversão e o período de recuperação total compreendido desde a aplicação do antagonista até a total recuperação do paciente. A recuperação foi avaliada utilizando escores variando de zero (0) a dois (2) de acordo com Paula (2006). Concluiu-se que a associação cetamina e dexmedetomidina foi eficaz para contenção química em papagaios verdadeiros (Amazonas aestiva) permitindo a realização de procedimentos clínicos simples e de duração de até 30 minutos. Não houve diferenças significativas nas variáveis tempo e qualidade de recuperação entre os grupos, portanto, os antagonistas não foram eficazes para diminuir o tempo de recuperação em papagaios verdadeiros (Amazonas aestiva)
This study reports the effects caused by chemical restraint with dexmedetomidine (25μg/kg) in association with ketamine (30 mg/kg) and compare the reversal of these effects between dexmedetomidine with atipamezole, at the dose of 0,5mg/kg, and yohimbine, at the dose of 0,2 mg/kg. Eight real, male, adult and healthy parrots were used; they underwent a 2 hours healthy fast. The protocol was intramuscularly applied on the superficial pectoral muscle. Immediately after the animal’s sedation, it was placed on a table with a heating blanket from which the following results were measured: breathing and heart rate, cloacal temperature and systolic blood pressure. These parameters were measured at intervals of 10 minutes. After the 30 minutes of anesthesia, 0,1 mL of NaCl 0,9% was applied to the control group, the group atipamezole dose of 0,5 mg/kg and yohimbine dose of 0,2 mg/kg intravenously administered into the birds’ ulnar vein. After the application of the Antagonist α2-adrenergic, the animal was placed into a cage in a supine position, when the animal had adopted the sternal it was defined as period of reversal and the period of full recovery placed from the application of the Antagonist until the patient’s full recovery. The recovery was scored on a scale of zero (0) to two (2) according to Paula, 2006. The study concluded that the ketamine and dexmedetomidine association was effective for chemical restraint in real parrots (Amazonas aestiva) enabling the implementation of simple clinical procedures lasting up to 30 minutes. There were no significant differences in the variables of time and quality of recovery between the groups, therefore the application of the antagonist was not effective to decrease the recovery time in parrots (Amazonas aestiva)

Descrição

Palavras-chave

Anestesiologia, Anestesia veterinaria, Papagaio (Ave), Amazonas aestiva

Como citar

MONTEIRO, Sharlenne Leite da Silva. Efeitos do atipamezol e ioimbina na recuperação da anestesia com dexmedetomidina e cetamina, em papagaios verdadeiros (Amazona aestiva). 2012. 74 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2012.