Avaliação in vitro de dentifrícios convencionais suplementados com trimetafosfato de sódio sobre a desmineralização de esmalte bovino

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-03-27

Autores

Castro, Luciene Pereira de [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar in vitro a capacidade de dentifrícios convencionais (1100 ppm F) suplementados com diferentes concentrações de trimetafosfato de sódio (TMP), em reduzir a desmineralização do esmalte bovino. Material e métodos: Para este estudo, blocos de esmalte bovino (4x4mm, n=84) foram selecionados através da dureza de superfície inicial (SHi) e a seguir divididos em 7 grupos experimentais (n=12): Dentifrício sem fluoreto e sem TMP (placebo); Dentifrício com 1100 ppm F (1100); Dentifrício com 1100 ppm F associado a concentrações de 1%TMP (1100 1%TMP), 3%TMP (1100 3%TMP), 4,5%TMP (1100 4,5%TMP), 6%TMP (1100 6%TMP) e 9%TMP (1100 9%TMP), os quais foram submetidos durante sete dias, a cinco ciclagens de pH, à temperatura de 37ºC, permanecendo os últimos dois dias em solução remineralizadora. O tratamento foi realizado diariamente com 2mL de suspensão de dentifrícios, 2 vezes ao dia. Foram determinadas as análises de dureza de superfície final (SHf) e em secção longitudinal para o cálculo da perda integrada de dureza de subsuperfície (ΔKHN) e concentração de fluoreto (F) presente no esmalte. Resultados: Os resultados de SHf mostraram que a suplementação com TMP produz efeito máximo com 3% (p<0,001). O grupo 1100 3%TMP apresentou menor perda mineral em profundidade (ΔKHN) (p<0,00) e proporcionou maior presença de F no esmalte. (p<0,001). Conclusão: A adição de 3%TMP a um dentifrício convencional (1100 ppm F) apresentou maior eficácia em reduzir a desmineralização do esmalte bovino
Objective: The aim of this study was to evaluate in vitro the ability of conventional dentifrices (1100 ppm F) supplemented with different concentrations of sodium trimetaphosphate (TMP) in reducing bovine enamel demineralization. Material and methods: For this study, blocks of bovine enamel (4x4mm, n = 84) were selected through surface hardness (SHi) and then divided into seven experimental groups (n = 12): Dentifrice without F and TMP (placebo), Dentifrice with 1,100 ppm F (1100) and Dentifrice with 1,100 ppm associated with concentrations: 1% TMP (1100 1%TMP) , 3% TMP (1100 3%TMP), 4.5% TMP (1100 4.5%TMP) 6% TMP (1100 6% TMP) e 9% TMP (1100 9%TMP), which were submitted for seven days, five cycling pH, temperature 37°C, leaving the last two days remineralizing solution. Treatment was performed daily with 2ml/block of suspension dentifrices, two times a day. Were determined surface hardness end (SHf) and in longitudinal section for calculating the integrated loss of subsurface hardness (ΔKHN) and concentration of F present in the enamel. Results: The results of SHf showed that supplementation with TMP produces a maximum effect with 3% (p <0.001). The 1100 3% TMP group had lower mineral loss in depth (ΔKHN) (p <0.001) and provided greater presence of F in enamel (p <0.001). Conclusion: The addition of 3% TMP to a conventional dentifrice (1100 ppm F) showed greater efficacy in reducing bovine enamel demineralization. Clinical relevance: To boost the effect of conventional toothpastes is essential to reduce the prevalence of dental caries in high-risk patients

Descrição

Palavras-chave

Fosfatos, Dentifrícios, Fluoretos, Desmineralização do dente, Phosphates

Como citar

CASTRO, Luciene Pereira de. Avaliação in vitro de dentifrícios convencionais suplementados com trimetafosfato de sódio sobre a desmineralização de esmalte bovino. 2013. 75 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2013.