Show simple item record

dc.contributor.advisorMartins, Marcelo Sampaio [UNESP]
dc.contributor.authorTomazini, Guilherme Abreu [UNESP]
dc.date.accessioned2015-07-13T12:09:23Z
dc.date.available2015-07-13T12:09:23Z
dc.date.issued2015-02-09
dc.identifier.citationTOMAZINI, Guilherme Abreu. Diretrizes básicas para projetos de vasos de pressão segundo a ASME Trabalho. 2015. 43 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado - Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, 2015.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/124243
dc.description.abstractIn this work it was made analysis of a simple pressure vessel, using the analytical development studied in Mechanics of Materials disciplines, and then using the standard required by ASME. Following the simulation was realized using Autodesk Mechanical Simulation software to calculate the principal stresses in a pressure vessel. The simulation was done in a single vessel without nozzles, compared with the analytic calculation. After that, the simulation of another fictitious pressure vessel was done by adding three nozzles to verify the influence of the nozzles in the principal stresses and compared with the analytical results. After the simulation, it was found that the principal are bigger in the pressure vessel with nozzles, but they decrease at a small distance from the nozzle becoming equal to the stresses in the vessel without nozzles. The analytical results calculated according to the ASME agree with simulated resultsen
dc.description.abstractNeste trabalho foi feito o projeto de um vaso de pressão simples, utilizando o desenvolvimento analítico estudado em disciplinas de Mecânica dos Materiais, em seguida utilizando as normas exigidas pela ASME. Foi feito também uma simulação utilizando o software Simulation Mechanical da Autodesk para calcular as tensões principais em um vaso de pressão. Foi realizado a simulação em um vaso simples sem bocais, comparando com o cálculo analítico. Após isso, a simulação de um outro vaso de pressão fictício, adicionando três bocais para verificar a influência dos bocais nas tensões principais e comparando com os resultados analíticos. Após a simulação, observou-se que a tensões principais máximas, mínimas e intermediárias são maiores no vaso com bocais, no entanto, a uma pequena distância elas diminuem tornando-se próximas das tensões no vaso sem bocais. Os resultados analíticos calculados de acordo com as Normas ASME estão de acordo com os resultados simulados utilizando o método dos elementos finitospt
dc.format.extent43 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectVasos de pressãopt
dc.subjectMétodo dos elementos finitospt
dc.subjectMetodos de simulaçãopt
dc.subjectDeformações e tensõespt
dc.subjectPressure vesselspt
dc.titleDiretrizes básicas para projetos de vasos de pressão segundo a ASME Trabalhopt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Engenharia, Guaratinguetápt
dc.identifier.aleph000822633
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2015-05-05/000822633.pdf
dc.identifier.lattes2065406016830791
unesp.undergraduateEngenharia Mecânica - FEGpt
unesp.author.lattes2065406016830791
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record