Show simple item record

dc.contributor.authorAmaral, Thaís do
dc.contributor.authorMedeiros, Gerson Araújo de [UNESP]
dc.contributor.authorMancini, Sandro Donnini [UNESP]
dc.contributor.authorGuandique, Manuel Enrique Gamero [UNESP]
dc.contributor.authorCoimbra, Vinícius Pedreira
dc.contributor.authorRibeiro, Admílson Írio [UNESP]
dc.date.accessioned2016-03-02T13:00:21Z
dc.date.available2016-03-02T13:00:21Z
dc.date.issued2013
dc.identifierhttp://ferramentas.unipinhal.edu.br/engenhariaambiental/viewarticle.php?id=1170&layout=abstract
dc.identifier.citationEngenharia Ambiental, v. 10, n. 3, p. 3-13, 2013.
dc.identifier.issn1809-0664
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/135248
dc.description.abstractThe issue of environmental impacts to human health and the generation and disposal of solid waste has led to a change of paradigms for your face, highlighting the need for sustainable management of municipal solid waste (MSW). In this context, the expansion of landfills in Brazil in recent decades makes it necessary to sustainable management of waste generated by this type of enterprise, since its implementation. The aim of this study was to perform a diagnosis of the generation of waste in a landfill, in the expansion phase, and the alternatives adopted for its management. The qualitative diagnosis was made from observations on site and the wastes were classified and quantified from August 2011 to January 2012. In the diagnosis was considered the reduction, reuse and recycle, in that order. The results of this study showed that the residue of the greatest generation was PEAD geomembranes used in the waterproofing of the landfill, reaching 7 t, followed by PVC pipes, which reached 850 kg, both destined for recycling. The largest volume of wastewater generated corresponded to the leachate, reaching 11,500 m3 , which were sent for treatmenten
dc.description.abstractA questão dos impactos ambientais e para a saúde humana da geração e disposição dos resíduos sólidos humanos tem levado a uma mudança de paradigmas para o seu enfrentamento, evidenciando a necessidade de uma gestão sustentável dos resíduos sólidos urbanos (RSU). Nesse contexto, a expansão dos aterros sanitários no Brasil, nas últimas décadas, torna necessária a gestão sustentável dos resíduos gerados por esse tipo de empreendimento, desde a sua implantação. O objetivo do presente trabalho foi o de realizar um diagnóstico da geração de resíduos em um aterro sanitário, em fase de expansão, e as alternativas adotadas para a sua gestão. O diagnóstico qualitativo foi realizado a partir de observações no local e os resíduos classificados e quantificados no período de agosto de 2011 a janeiro de 2012. No diagnóstico considerou-se a redução, a reutilização e a reciclagem, nesta ordem. Os resultados desse estudo apontaram que o resíduo de maior geração foi a geomembrana PEAD utilizada na impermeabilização do aterro, atingindo 7 t, seguido pelos canos de PVC, o qual alcançou 850 kg, os quais foram destinados para a reciclagem. O maior volume de efluentes líquidos gerados correspondeu ao chorume, correspondendo a 11.500 m3 , os quais foram enviados para tratamento.pt
dc.format.extent3-13
dc.language.isopor
dc.relation.ispartofEngenharia Ambiental
dc.sourceCurrículo Lattes
dc.subjectWaste managementen
dc.subjectEnvironmental managementen
dc.subjectReductionen
dc.subjectRecycleen
dc.subjectGestão de resíduospt
dc.subjectGestão ambientalpt
dc.subjectRedução e reciclagempt
dc.titleDiagnóstico e gestão dos resíduos gerados em aterro sanitáriopt
dc.title.alternativeDiagnosis and management of generated waste in landfillen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Engenharia Ambiental, Instituto de Ciência e Tecnologia (ICTS) , Sorocaba, Av. 3 de Março, 511, Alto da Boa Vista, CEP 18087180, SP, Brasil
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Departamento de Engenharia Ambiental, Instituto de Ciência e Tecnologia (ICTS) , Sorocaba, Av. 3 de Março, 511, Alto da Boa Vista, CEP 18087180, SP, Brasil
dc.rights.accessRightsAcesso restrito
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Ciência e Tecnologia, Sorocabapt
dc.identifier.lattes5091149098462301
unesp.departmentEngenharia Ambientalpt
dc.identifier.orcid0000-0002-4287-1969
unesp.author.lattes5091149098462301
unesp.author.orcid0000-0002-4287-1969[3]
Localize o texto completo

Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record