Show simple item record

dc.contributor.advisorScheel, Márcio [UNESP]
dc.contributor.authorSenhorini, Hugo Giazzi [UNESP]
dc.date.accessioned2017-09-06T14:34:28Z
dc.date.available2017-09-06T14:34:28Z
dc.date.issued2017-08-09
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/151554
dc.description.abstractThis dissertation aims to discuss expressions of modernity in In the Penal Colony by Franz Kafka. More precisely, it discusses how this literary work explores and critically represents worldly elements such as extreme rationalization, and disorientation of the modern individual. This work is the result of an investigation which works with the hypothesis that it is possible to read Kafka’s narrative as an allegorical representation of modernity itself. The first chapter of this text discusses, based on philosophical and sociological sources, some of the most characteristic phenomena of that which is understood as modernity, in order to eventually formulate a sufficiently stable concept of modernity that may support the subsequent literary analysis. Within this discussion, a concept such as the Disenchantment of the world receives special attention. In addition, modern literature and Modernism are exposed in the first chapter. The second chapter introduces, firstly, a brief critical revision on Kafka’s oeuvre. Subsequently, it presents the reading of In the Penal Colony, which is separated in two parts, or two “levels”. The first level exposes an immanent analysis of the narrative, and its meaningful, more formal elements are outlined, thus creating, through this close-reading process, an array of interpretative elements that are supported by the literary text; in the reading’s second level, the elements outlined by the previous analysis are related and studied in relation to the modern world elements as these have been previously defined. Thus, the second chapter tries to build an interpretation of the narrative that can outline and comprehend, in a cohesive reading, the exploration, expression, and criticism of those modern characteristics made by the literary work. This process verifies that Kafka’s work can, on an interpretative level, express modernity critically, and rebuild it within a complex allegorical construction.pt
dc.description.abstractA presente dissertação discute expressões da modernidade em Na colônia penal, de Franz Kafka. Mais precisamente, discute a maneira como essa obra literária explora e representa criticamente elementos de mundo como a racionalização extrema e a desorientação do indivíduo moderno. Este trabalho é fruto de uma investigação que considera a hipótese de que é possível ler a narrativa de Kafka como uma figuração alegórica da própria modernidade. O primeiro capítulo do texto discute, a partir de fontes filosóficas e sociológicas, alguns dos fenômenos mais característicos daquilo que se entende como modernidade, para eventualmente formular um conceito de modernidade suficientemente estável, que possa embasar a análise literária posterior. Nesse caminho, um conceito como o de desencantamento do mundo recebe especial atenção. O segundo capítulo introduz uma breve revisão crítica sobre a obra de Kafka; depois disso, constrói-se a leitura de Na colônia penal, que está dividida em duas partes, ou dois “níveis”. No primeiro nível, apresenta-se uma análise imanentista da narrativa, e são ressaltados os seus elementos significativos mais formais, criando-se, a partir desse processo de close-reading, uma rede de elementos interpretativos que se fundam no próprio texto; no segundo nível da leitura, relacionam-se os elementos que a análise literária traz à tona àqueles fenômenos de mundo reconhecidamente modernos, isto é, busca-se construir uma interpretação da obra que ressalte e compreenda, numa rede coesa de sentido, a exploração, exposição e crítica, por parte da obra literária, das características da modernidade conforme as reconhecemos e definimos no primeiro capítulo. Nesse processo, verifica-se que a obra de Kafka pode expressar criticamente a modernidade e representá-la em uma construção alegórica complexa.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.subjectFranz Kafkapt
dc.subjectMarshall Bermanpt
dc.subjectModernidadept
dc.subjectNa colônia penalpt
dc.subjectModernityen
dc.subjectIn the Penal Colonyen
dc.titleA modernidade e suas expressões em Na colônia penal, de Franz Kafkapt
dc.title.alternativeModernity and its Expressions in In the Penal Colony, by Franz Kafkaen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramLetras - IBILCE
unesp.knowledgeAreaTeorias e Crítica da Literatura
unesp.researchAreaPerspectivas Teóricas no Estudo da Literatura
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas, São José do Rio Preto
unesp.embargoOnline
dc.identifier.aleph000891520
dc.identifier.capes33004153015P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record