Show simple item record

dc.contributor.authorBenelli, Silvio José
dc.date.accessioned2018-11-12T17:26:09Z
dc.date.available2018-11-12T17:26:09Z
dc.date.issued2016-12-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/1982-02752016000400016
dc.identifier.citationEstudos de Psicologia (Campinas). Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas, v. 33, n. 4, p. 735-745, 2016.
dc.identifier.issn0103-166X
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/157610
dc.description.abstractAbstract A critical overview of the historical journey and the process of institutionalization of social assistance as a public policy are presented. The discourse about the social risk involved in it and in the national policy for children and adolescents is also addressed for the analysis of the normalizing possibilities of Psychology and Social Care. In order for Social Assistance, including psychologists, to find effective solutions for social problems, it has to be - from the very beginning -, based entirely on the ethical statement, which should manage its effects on citizens as subjects of rights.en
dc.description.abstractResumo É apresentada uma síntese crítica sobre o percurso histórico e o processo de institucionalização da Assistência Social como política pública; além disso toma-se o discurso sobre o risco social presente nela e também na política nacional para crianças e adolescentes como analisador das possibilidades normalizadoras da Psicologia e da Assistência Social. Para que a Assistência Social, incluindo-se os psicólogos, possa buscar um efetivo equacionamento do problema social, é preciso que se paute radicalmente - logo de início -, pelo enunciado ético que deve orientar seus efeitos: o sujeito cidadão de direitos.pt
dc.format.extent735-745
dc.language.isopor
dc.publisherPrograma de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
dc.relation.ispartofEstudos de Psicologia (Campinas)
dc.sourceSciELO
dc.subjectSocial assistanceen
dc.subjectInstitutional evaluationen
dc.subjectPublic policiesen
dc.subjectPsychology, Socialen
dc.subjectAssistência Socialpt
dc.subjectAvaliação institucionalpt
dc.subjectPolíticas públicaspt
dc.subjectPsicologia socialpt
dc.titleRisco e vulnerabilidade como analisadores nas políticas públicas sociais: uma análise críticapt
dc.title.alternativeRisk and vulnerability as criteria to evaluate social and public policies: A critical analysisen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.description.affiliationUniversidade Estadual Paulista Departamento de Psicologia Clínica Programa de Pós-Graduação em Psicologia
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista Departamento de Psicologia Clínica Programa de Pós-Graduação em Psicologia
dc.identifier.doi10.1590/1982-02752016000400016
dc.identifier.scieloS0103-166X2016000400735
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.identifier.fileS0103-166X2016000400735.pdf
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record