Show simple item record

dc.contributor.advisorAndreotti, Marcelo [UNESP]
dc.contributor.authorCavallini, Maria Cecília [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:29:42Z
dc.date.available2014-06-11T19:29:42Z
dc.date.issued2009-05-12
dc.identifier.citationCAVALLINI, Maria Cecília. Correlação entre a produtividade e teor de proteína bruta do capim-Marandu com atributos físicos e químicos de um latossolo do cerrado brasileiro. 2009. 118 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, 2009.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/98779
dc.description.abstractEm sistema de integração lavoura-pecuária, os diversos cultivos em sistema plantio direto alteram os atributos do solo, refletindo na produtividade e na composição do vegetal. O objetivo foi selecionar entre os atributos do solo aqueles que melhor expliquem a variabilidade da produtividade e teor de proteína da Brachiaria brizantha. Foram analisadas as correlações lineares e espaciais entre as produtividades de massa fresca (MF) e massa seca (MS) e teor de proteína bruta (PB) da Brachiaria brizantha cv. Marandu e de alguns atributos físicos e químicos de um Latossolo Vermelho Distroférrico, em três profundidades (0,00- 0,10m; 0,10-0,20m; 0,20-0,30 m). Para tanto, foi instalada a malha geoestatística para a coleta das informações, contendo 124 pontos amostrais, numa área de 4000 m2. A produtividade de forragem e o teor de proteína bruta não variaram aleatoriamente, e apresentaram alcances da dependência espacial entre 41,1 e 63,1 m. A densidade da partícula na primeira camada (DP1), a densidade do solo em todas as camadas (DS1, DS2 e DS3), a macroporosidade nas primeiras camadas (MA1 e MA2), a microporosidade em todas as camadas (MI1, MI2 e MI3), a porosidade total determinada em todas as camadas (PTd1, PTd2 e PTd3), o teor de fósforo nas últimas camadas (#P2 e P3), a resistência mecânica à penetração na última camada (RP3), a umidade volumétrica nas primeiras camadas (UV1 e UV2), o pH na primeira camada (pH1), o teor de matéria orgânica em todas as camadas (MO1, MO2 e #MO3), também apresentaram dependência espacial com alcances variando entre 6,4 e 73,5 m. A análise das correlações lineares simples de atributos da planta versus do solo revelou que com o aumento da RP, na camada de 0,10-0,30 m, correspondeu à mais baixa produção de MS, entretanto, com o aumento do teor de P em profundidade ocorreu aumento...pt
dc.description.abstractIn crop-livestock integration the several crops in no tillage system interfere on the attributes of soil, altering the productivity and vegetable composition. Therefore, the objective this study was to select among the researched attributes of the soil those that best explain the variability of the productivity and crude protein content of the Brachiaria brizantha. The linear and space correlations were analyzed between the productivity of fresh mass (MF), dry mass (MS) and crude protein (PB) of the Brachiaria brizantha and of some attributes of a Dystroferric Red Latosol (Oxisol), in three depths (0.0-0.10; 0.10-0.20; 0.20-0.30 m). A geostatic grid was installed for collecting data, containing 124 points in an area of 4,000 m2. The attributes of the plant did not vary randomizing with reaches of the space dependence between 41.1 and 63,1 m. To soil attributes there was space dependence (DP1, DS1, DS2, DS3, MA1, MA2, MI1, MI2, MI3, PTd1, PTd2, PTd3, #P2, P3, RP3, UV1, UV2, pH1, MO1, MO2 and #MO3), with reaches varying between 6,4 and 73.5 m. For simple linear correlations analysis with the increase of RP3 there was reduction of the MS, and with increasing content of P in depth was increased dry mass of Brachiaria brizantha. Already for the space correlations, between the attributes of the plant and soil there were positive and negative interactions between cause and effect, and PTd3 behaved as an appreciable indicator of the physical quality of the soil for the estimate of MS of the Brachiaria brizantha.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extent118 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectSolos - Fertilidadept
dc.subjectSolos – Manejopt
dc.subjectSolos - Densidadept
dc.subjectMatéria orgânicapt
dc.subjectResistência mecânica à penetraçãopt
dc.subjectSoil densityen
dc.subjectSoil managementen
dc.subjectSoil penetration resistanceen
dc.subjectSoil fertilityen
dc.titleCorrelação entre a produtividade e teor de proteína bruta do capim-Marandu com atributos físicos e químicos de um latossolo do cerrado brasileiropt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia - FEISpt
unesp.knowledgeAreaSistemas de produçãopt
unesp.researchAreaManejo e conservação do solo e da águapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Engenharia, Ilha Solteirapt
dc.identifier.aleph000598636
dc.identifier.filecavallini_mc_me_ilha.pdf
dc.identifier.capes33004099079P1
dc.identifier.lattes7000845749315355
unesp.advisor.lattes7000845749315355
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record