Show simple item record

dc.contributor.advisorMello, Luiz Malcolm Mano de [UNESP]
dc.contributor.authorMendonça, Veridiana Zocoler de [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:29:43Z
dc.date.available2014-06-11T19:29:43Z
dc.date.issued2012-04-18
dc.identifier.citationMENDONÇA, Veridiana Zocoler de. Consorciação de milho com forrageiras: produção de silagem e palha para plantio direto de soja. 2012. 71 f. Dissertação (mestrado) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/98803
dc.description.abstractOs sistemas conservacionistas de produção agrícola, como plantio direto e a integração lavoura-pecuária, permitem maximizar o uso do solo e minimizar os impactos ambientais frente à necessidade de aumentar a produtividade e conservar os recursos naturais disponíveis. Diante desta questão, este trabalho teve como objetivo avaliar o consórcio de milho com forrageiras para produção de silagem e palha para plantio direto da soja em sucessão. O experimento foi realizado no ano agrícola 2010/11 na Fazenda de Ensino, Pesquisa e Extensão localizada em Selvíria-MS, pertencente a Faculdade de Engenharia-Unesp, campus de Ilha Solteira. Os tratamentos na safra de outono foram constituídos por quatro forrageiras consorciadas com milho - Brachiaria brizantha, Brachiaria ruzizensis, Panicum maximum cv. Tanzânia e Panicum maximum cv. Áries – e três modalidades de semeadura das forrageiras – na linha de semeadura do milho, a lanço simultâneo a semeadura do milho e a lanço no estádio V4 – e milho sem consorciação, constituindo 13 tratamentos em esquema fatorial 4x3+1 e delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. Foram avaliados para o milho: estande inicial e final, altura da planta, diâmetro basal do colmo e produtividade de matéria seca para silagem. Nas forrageiras avaliaram-se a produtividade de matéria seca, cobertura do solo e decomposição de palha. No verão foi realizada a semeadura da soja sobre as palhadas dos tratamentos anteriores e avaliados estande inicial e final, altura da planta e da inserção da primeira vagem, número de vagens por planta, massa de 1.000 grãos e produtividade de grãos. Os resultados permitiram concluir que o consórcio entre milho e gramíneas forrageiras não interfere na produtividade de matéria seca para silagem de milho (média de 20,4 t MS ha-1) e recomenda-se a...pt
dc.description.abstractThe conservationists systems of agricultural production, such as tillage and crop-livestock integration can maximize land use and minimize environmental impacts to the need to increase productivity and conserve natural resources available. On this issue, this study aimed to assess the corn consortion and forage for silage and straw for no tillage in soybeans in sucession. The experiment was accomplished in the year 2010/11 in Fazenda de Ensino, Pesquisa e Extensão in Selvíria-MS, Brazil (20°20’05”S e 51°24’26”W), belonging to the Faculdade de Engenharia, UNESP, campus of Ilha Solteira. The fall harvest treatments were constituted by four forages intercropped with corn - Brachiaria brizantha, Brachiaria ruzizensis, Panicum maximum cv. Tanzânia and Panicum maximum cv. Áries - and three sowing modalities of forages - row of corn, along with to corn fertilizer; throwing the day of sowing corn and throwing the V4 stage of corn - and corn without intercropped, constituting 13 treatments in factorial scheme 4x3 +1 and randomized block design with four replications . Were evaluated for corn: initial and final stand, plant height, basal diameter of the stem and dry matter production for silage. In the forages we evaluated the dry matter yield, ground cover and straw decomposition. In the summer, the soybean was sowed on the previous treatment straws and evaluated the initial and final stand, plant height and first pod, number of pods per plant, 1000 grain weight and grain yield. The results showed that intercropping corn and forages does not affect the dry matter yield for corn silage (mean of 20.4 t DM ha-1) and we recommended the sowing modality in line together the corn fertilizer so as to make advantage the sowing operation. The grain yield of soybean (mean 3.9 t DM ha-1) was not affected by previous straw... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.description.sponsorshipUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.format.extent71 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectAgropecuariapt
dc.subjectSemeadurapt
dc.subjectSilagempt
dc.subjectPlantio diretopt
dc.subjectCrop-livestock integrationen
dc.titleConsorciação de milho com forrageiras: produção de silagem e palha para plantio direto de sojapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramAgronomia - FEISpt
unesp.knowledgeAreaSistemas de produçãopt
unesp.researchAreaManejo e conservação do solo e da águapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Engenharia, Ilha Solteirapt
dc.identifier.aleph000690567
dc.identifier.filemendonca_vz_me_ilha.pdf
dc.identifier.capes33004099079P1
dc.identifier.lattes5387487674543711
unesp.author.lattes5387487674543711
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record