Análise de estabilidade dos taludes da barragem Santo Anastácio: estudo de caso

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-01-19

Orientador

Alcântara, Marco Antônio de Morais

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Engenharia Civil - FEIS

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Atualmente, o cenário de ruptura de barragens em âmbito mundial tem se tornado mais frequente que o esperado, sendo a escassez de informações e de documentação sobre acidentes um dos maiores fatores pelo qual esses eventos continuam ocorrendo no Brasil. A partir da criação da Lei n° 12.334/2010, que estabelece a Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB), passou a ser obrigatório para barragens que se enquadrem nos requisitos elencados pela legislação o Plano de Segurança de Barragens (PSB), que inclui em um de seus volumes os estudos de estabilidade dos taludes, através da determinação dos fatores de segurança para diversos cenários, principalmente para os casos de final de construção, de operação normal e de rebaixamento rápido do reservatório. Sendo assim, tendo em vista que mais da metade dos acidentes envolvendo barragens são ocasionados por condicionantes geológico-geotécnicos, foi realizado o estudo determinístico de estabilidade com apresentação dos fatores de segurança dos taludes de montante e jusante de quatro seções da Barragem Santo Anastácio, localizada na área rural do município de Presidente Prudente (SP), pertencente à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e integrante do sistema de abastecimento de água do município. Através dos documentos fornecidos pela Sabesp, foi possível determinar as características geológicas do empreendimento e definir os parâmetros hidráulicos e de resistência dos materiais que compõem seu aterro e fundação. Além disso, foram realizadas as análises de percolação teórica pelo maciço da barragem e da influência da variação do nível da água na estabilidade da estrutura. Como resultado principal, a partir das hipóteses e parâmetros adotados, foi possível concluir que as quatro seções analisadas apresentam estabilidade para os casos de final de construção, operação normal e rebaixamento rápido do reservatório, sendo que mesmo os menores fatores de segurança obtidos para cada cenário são maiores que os valores mínimos recomendados teoricamente

Resumo (inglês)

Currently, the scenario of dam failures worldwide has become more frequent than expected, and the scarcity of information and documentation on accidents is one of the biggest factors why these events continue to occur in Brazil. Since the creation of Law No. 12.334/2010, which establishes the National Policy for Dam Safety (PNSB), the Dam Safety Plan (PSB) has become mandatory for dams that meet the requirements listed in the legislation, which includes in one of its volumes the studies of slope stability, by determining the safety factors for various scenarios, especially for cases of end of construction, normal operation and rapid lowering of the reservoir. Thus, considering that more than half of the accidents involving dams are caused by geological-geotechnical conditions, a deterministic stability study was performed with presentation of safety factors for the upstream and downstream slopes of four sections of the Santo Anastácio Dam, located in the rural area of the city of Presidente Prudente (SP), belonging to the Basic Sanitation Company of the State of São Paulo (Sabesp) and part of the municipal water supply system. Through documents provided by Sabesp, it was possible to determine the geological characteristics of the enterprise and define the hydraulic and strength parameters of the materials that compose its embankment and foundation. In addition, theoretical percolation analyses were carried out through the dam massif and the influence of water level variation on the structure's stability. As a main result, based on the hypotheses and parameters adopted, it was possible to conclude that the four sections analyzed present stability for the cases of end of construction, normal operation and rapid lowering of the reservoir, with even the lowest safety factors obtained for each scenario being higher than the minimum values theoretically recommended.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados