Consumo de drogas: uma comparação entre dois levantamentos com estudantes da rede pública de ensino na cidade de Assis, São Paulo, em 2000 e 2010

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-10-07

Autores

Kappann, Jair Izaías [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O consumo de drogas é um fenômeno complexo, que envolve diferentes dimensões da experiência humana, possuindo diversos fatores que devem ser levados em consideração para a sua compreensão. Os levantamentos epidemiológicos são importantes por fornecer dados objetivos para dimensionar de uma maneira mais detalhada e isenta de julgamentos de valor a real magnitude do consumo. Os estudos demonstram que o consumo de drogas precisa ser avaliado periodicamente através de pesquisas, para o planejamento e implementação de uma política pública em relação às drogas. Analisando o fenômeno das drogas à luz das definições de políticas públicas, pode-se afirmar que o Estado brasileiro não tem uma política pública unificada e eficiente nesta área. Existem projetos, programas e leis que se caracterizam como tentativas de estabelecer diretrizes nacionais sobre o assunto, mas ainda são medidas isoladas e desarticuladas. A presente pesquisa teve como objetivo avaliar a prevalência do consumo de drogas entre os alunos das escolas da rede pública de Assis/SP e comparar estes dados com outros obtidos no ano 2000. A metodologia utilizada foi a mesma aplicada pelo CEBRID em todos os seus levantamentos. Foram aplicados questionários anônimos de auto preenchimento em uma mostra representativa dos alunos da rede pública de Assis. Os maiores índices de consumo, considerando uso na vida, foram: álcool (65,9%) e tabaco (15,4%); solventes (5,6%); maconha (8,0%); tranquilizantes (4,0%); anfetamínicos (2,7%); cocaína (3,0%). Não foi observada diferença significativa no uso entre o sexo feminino (18,5%) e masculino (16,5%). Em ralação a pesquisa anterior...
Drug usage is a complex phenomenon that involves different dimensions of human experience, and has several factors that should be taken into consideration to be understood. Epidemiological surveys are important for providing objective data to scale in a more detailed and free from value judgments, the magnitude of the consumption. Studies show that drug use must be evaluated periodically through research, for planning and implementation of public policy toward drugs. Analyzing the phenomenon of drugs through the lights of public policy definitions, we can assert that the State did not have a unified and effective public policy in this area. There are projects, programs and laws that are characterized as attempts to establish national guidelines on the subject, but measures are still isolated and disjointed. This study aimed to evaluate the prevalence of drug use among students from public schools from the city of Assis (SP) and to compare these data with others obtained in 2000. The methodology applied was the same used by CEBRID in all its surveys. Anonymous and self-fulfillment questionnaires were applied in a representative sample of public school students from AssisCity. The highest rates of consumption, considering the lifetime use were: alcohol (65,9%) and tobacco (15,4%), solvents (5,6%), cannabis (8,0%), tranquilizers (4,0 %), amphetamines (2,7%), cocaine (3,0%). There was no significant difference of drug use between female (18,5%) and male (16,5%) sex. In relation... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Drogas, Politicas publicas, Drugs, Public policy

Como citar

KAPPANN, Jair Izaías. Consumo de drogas: uma comparação entre dois levantamentos com estudantes da rede pública de ensino na cidade de Assis, São Paulo, em 2000 e 2010. 2011. 132 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2011.