Genes do eixo somatotrófico e características de crescimento numa população F2 de bovinos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-06-01

Autores

Silva, Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da
Martinez, Mário Luiz
Machado, Marco Antonio
Nascimento, Carlos Souza do
Campos, Ana Lúcia
Guimarães, Marta Fonseca Martins
Azevedo, Ana Luisa Sousa
Moita, Antônia Kécya França [UNESP]
Lui, Jeffrey Frederico [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a associação dos polimorfismos dos genes bGH, IGF-1 e PIT-1 com características de peso e ganho de peso numa população F2 de bovinos (Gir x Holandês), pela técnica de PCR-RFLP. As freqüências alélicas A e B, do gene PIT-1, e dos genótipos AA, AB e BB, nas populações parentais foram semelhantes entre si, mas diferentes das freqüências nas populações cruzadas F1 e F2, para esse gene. Quanto ao gene bGH, os animais da raça Holandesa apresentaram freqüência de 100% para o alelo E e os animais da raça Gir, 92% para o alelo F, resultando em alta freqüência de indivíduos heterozigotos nas populações F1 e F2. Quanto ao gene IGF-1, todos os animais da raça Holandesa eram heterozigotos (AB) e, nos animais Gir, a maioria dos indivíduos foi de homozigotos (AA), o que resultou em alta freqüência do alelo A nas populações F1 e F2. Foram encontradas associações significativas do alelo A do gene PIT-1 com as características de peso aos 60, 205, 365 dias e ganho de peso do nascimento aos 60 dias. em bGH, observou-se efeito significativo do alelo E para peso aos 365 dias e ganho de peso do nascimento aos 60 dias, enquanto o efeito do alelo A do IGF-1 foi significativo somente para peso ao nascimento. Os alelos identificados podem ser usados como marcadores no melhoramento animal.
The objective of this work was to evaluate the association between polymorphisms of bGH, IGF-1 and PIT-1 genes with weight and weight gain traits in a bovine F2 population derived from Holstein x Gyr crosses, using the PCR-RFLP technique. Allelic frequencies A and B of PIT-1 gene and AA, AB, and BB genotypes were similar between parental populations but different from F1 and F2 crossed populations. For the bGH gene, Holstein animals showed allelic frequency of 100% for E allele, while Gyr animals showed allelic frequency of 92% for F allele, resulting in high frequency of heterozygous animals in F1 and F2 populations. For the IGF-1 gene, all Holstein were heterozygous (AB) and most Gyr were homozygous (AA), resulting in a high frequency of A allele in F1 and F2 populations. Significant associations were found between PIT-1 allele A with traits weight at 60, 205 and 365 days and weight gain from birth to 60 days. For IGF-1, significant association was found between A allele and birth weight. For bGH gene, significant associations were found between E allele and 365 days weight and weight gain from birth to 60 days. The selected alleles could be used as markers in animal breeding for these traits.

Descrição

Palavras-chave

Molecular markers, PCR-RFLP, Marcadores moleculares, PCR-RFLP

Como citar

Pesquisa Agropecuária Brasileira. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Informação TecnológicaPesquisa Agropecuária Brasileira, v. 41, n. 6, p. 981-986, 2006.