A cultura afro-brasileira na sala de aula: uma proposta de trabalho pedagógio com obras que dialogam com o livro 'Três anjos mulatos do Brasil ', de Rui de Oliveira

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014

Autores

Matsuda, Alice Atsuko
Ferreira, Eliane Aparecida Galvão Ribeiro [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

The theme of African-Brazilian culture is still little explored in the school environment, in spite of the 10.639/03 law which prescribes its mandatory teaching as well as that of African-Brazilian history and African culture in all schools, public and private, from the Elementary School level to High School. Moreover, this law emphasizes the importance that these cultures had in the formation of Brazilian society. Considering this issue, this paper aims to analyze the work Três anjos mulatos do Brasil (2011), by Rui de Oliveira, which brings together three sensitive and touching biographies, followed by beautiful and artistic pictures. hese narratives address the genius of three great artists –Aleijadinho, Mestre Valentim and Father José Maurício–, their styles, their creations and struggle for recognition, as well as the sufering they experienced, primarily caused by racial discrimination. Also, we intend to present in this text a suggested pedagogical use of the work by Oliveira, by applying the “Recepcional” method, as it was deined by Bordini and Aguiar (1993).
A temática da cultura afro-brasileira ainda é pouco explorada no ambiente escolar, embora exista a Lei 10.639/03 que versa sobre a obrigatoriedade do seu ensino, bem como de sua história e da cultura africana em todas as escolas, públicas e particulares, do Ensino Fundamental até o Ensino Médio. Ademais, ressalta a importância dessas culturas na formação da sociedade brasileira. Pensando nessa questão, o presente trabalho objetiva analisar a obra Três anjos mulatos do Brasil (2011), de Rui de Oliveira, que congrega três biograias sensíveis e comoventes, seguidas de ilustrações belíssimas e artísticas, que abordam, além da genialidade de três grandes artistas –Aleijadinho, Mestre Valentim e padre José Maurício–, seus estilos, suas criações e lutas por reconhecimento, além dos sofrimentos que vivenciaram, sobretudo provocados pela discriminação racial. Também, pretende-se apresentar, neste texto, uma sugestão de trabalho com a obra de Oliveira, aplicando o Método Recepcional, organizado por Bordini e Aguiar (1993).

Descrição

Palavras-chave

African-Brazilian literature, Rui de Oliveira, “Recepcional” Method, Education, Formation of reader, Literatura Brasileira, Literatura afro-brasileira, Leitura e formação do leitor

Como citar

Revista Impossibilia, v. 8, n. 1, p. 179-193, 2014.

Coleções