Caracterização morfocultural e molecular de Colletotrichum spp. associados a antracnose em manga, mamão e goiaba

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-07-31

Autores

Stracieri, Juliana [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Brazil ranks third among the largest fruit producers in the world with more than 40 million tons per year and a planted area of about three million hectares. However, this sector has complex problems of different nature, such as plant diseases and among them, anthracnose. This disease is caused by fungi of the Colletotrichum genus. Losses resulting from this disease happen pre- and post-harvest, reaching 90% of damage depending on environmental conditions and management adopted. Colletotrichum gloeosporioides is described most often as the causal agent of anthracnose in tropical fruits; however, recent studies have shown that this is not always the case. In general, the pathogens described in connection with the complex symptoms of anthracnose in fruits are classified either as Colletotrichum gloeosporioides or Colletotrichum acutatum. But, recent studies have shown that the criteria adopted to classify the pathogen species associated with the symptoms are not always the most appropriate. Thus, simultaneous analysis of morphocultural and molecular characteristics are necessary to classify these pathogen species more accurately
O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de frutas, com mais de 40 milhões de toneladas anuais, e uma área plantada em torno de três milhões de hectares. Entretanto, esse setor ressente-se de problemas complexos, de natureza diversa, como os de ordem fitossanitária, dentre eles, destaca-se a antracnose, causada por fungos do gênero Colletotrichum. As perdas resultantes desta doença dão-se em pré e pós-colheita, podendo chegar a 90% de prejuízo dependendo das condições ambientais e do manejo adotado. Nas frutíferas tropicais o Colletotrichum gloeosporioides é descrito com maior frequência, como agente causal da antracnose, porem estudos recentes demonstram que nem sempre apenas essa espécie é a responsável pela doença. De um modo geral, os patógenos descritos em associação com o complexo de sintomas de antracnose em frutas são classificados Colletotrichum gloeosporioides e Colletotrichum acutatum. Estudos recentes demonstram que nem sempre os critérios adotados para a classificação da espécie do patógeno associado aos sintomas são os adequados. Com isso, para maior precisão e clareza é fundamental o estudo completo desses patógenos, envolvendo analises simultâneas das caracteristicas morfoculturais e moleculares

Descrição

Palavras-chave

Manga (Fruta), Mamão, Goiaba, Marcadores genéticos, Colletotrichum gloeosporioides, Fungos na agricultura, Genetic markers

Como citar

STRACIERI, Juliana. Caracterização morfocultural e molecular de Colletotrichum spp. associados a antracnose em manga, mamão e goiaba. 2015. ix, 109 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal, 2015.