Bioatividade do extrato etanólico de sementes de Annona mucosa Jaqc. sobre Chrysodeixis includens (Walker) (Lepidoptera: Noctuidae) e Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Erebidae)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-03-31

Autores

Souza, Camila Moreira de [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Chrysodeixis includens (Walker) (Lepidoptera: Noctuidae) e Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Erebidae) são importantes pragas desfolhadoras para diferentes plantas cultivadas, especialmente na soja [Glycine max (L.) Merrill], onde são consideradas espécies-chave da cultura. Os inseticidas botânicos podem constituir em uma valiosa ferramenta frente aos problemas recorrentes dos métodos convencionais de controle, uma vez que majoritariamente apresentam menor toxicidade para mamíferos e organismos não-alvo e por se adequarem aos preceitos da produção orgânica ou de base ecológica. Visando encontrar alternativas para o manejo de lagartas desfolhadoras da cultura da soja, a bioatividade do extrato etanólico de sementes de Annona mucosa Jacq. (Annonaceae) foi avaliada sobre C. includens e A. gemmatalis e comparada ao inseticida comercial botânico à base de limonoides (Azamax® 1,2 EC, azadiractina + 3-tigloilazadiractol) por meio de ensaios de laboratório e semi-campo. Nos ensaios preliminares (bioensaio de ingestão), o extrato etanólico de sementes de A. mucosa (ESAM) (CL50 de 452,38 e 66,91 mg kg-1 para C. includens e A. gemmatalis, respectivamente) apresentou um nível de atividade comparável ou superior ao do bioinseticida Azamax® 1,2 EC utilizado como controle positivo. Adicionalmente, o ESAM apresentou uma ação mais rápida que o controle positivo Azamax® 1,2 EC e efeito inibidor sobre o desenvolvimento dos insetos. Em condições de semi-campo, a emulsão aquosa do ESAM e Azamax® 1,2 EC ocasionaram mortalidades larvais acima de 95% para ambas as espécies-praga expostas aos folíolos de soja tratados. Tal atividade foi semelhante à obtida com o inseticida comercial sintético à base de flubendiamida (Belt 480 SC). Em adição, os efeitos tóxicos subletais do ESAM sobre lagartas de C. includens e A. gemmatalis foram avaliados após 24 h de exposição a meio artificial tratado em laboratório e após 168 h em semi-campo por meio de exposição a folíolos de soja tratados nas CL`s 50 previamente estimadas para cada espécie, ESAM não ocasionou deterrência alimentar para lagartas de terceiro ínstar de C. includens e A. gemmatalis expostas ao meio artificial tratado. Em condições de semi-campo, ESAM não afetou as espécies estudadas quanto à mortalidade e desfolha após 72 h de exposição. Foram registrados índices de mortalidade de 38 e 44 % para lagartas de C. includens e de 27 e 39% para lagartas de A. gemmatalis após 120 e 168 h, respectivamente. Embora não tenha sido constatado significativo efeito deterrente alimentar nos ensaios, verificou-se uma redução na desfolha ocasionada por ambas as espécies após 120 e 168 h de exposição, sugerindo uma redução no consumo ao longo do tempo em decorrência da toxicidade pós ingestão do extrato. Além do efeito letal tóxico, os resultados demonstraram a promissora bioatividade do ESAM em concentrações não letais sobre lagartas de C. includens e A. gemmatalis, ressaltando o potencial deste derivado botânico como ferramenta no manejo integrado de lepidópteros-praga.
Chrysodeixis includens (Walker) (Lepidoptera: Noctuidae) and Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Erebidae) are two important defoliating insect of soybean [Glycine max (L.) Merrill]. Botanical insecticides might have an important role in integrated pest management programs as alternatives to synthetic insecticides, especially in organically based production systems, also in the most of cases these compounds have low toxicity to mammals and non-target organisms. To develop an alternative tool for control of C. includens and A. gemmatalis, efficacy of ethanolic extracts from seeds of Annona mucosa Jacq. (Annonaceae) and limonoid-based biopesticide formulation (Azamax® 1.2 EC, azadiractin + 3-tigloylazadirachtol) were evaluated throught laboratory and greenhouse trials. In an initial screening, ethanolic extracts from seeds of A. mucosa (ESAM) (LC50 = 452.38 and 66.91 mg L-1 for C. including and A. gemmatalis, respectively) was equivalent to the mortality caused by positive control limonoid-based biopesticide formulation Azamax ® 1.2 EC and showed a faster kill time and pronounced larval growth inhibition after 168 h of exposure. In greenhouse trials, ESAM (as an emulsifiable concentrate formulation) and Azamax® 1.2 EC, both at LC90 values previously estimated, were compared with a diamidebased commercial insecticide (flubendiamide 480 SC) for mortality after 168 h of exposure to larvae on soybean plants; all treatments caused high larval mortality (> 90%). This study evaluated the sublethal effects of ESAM at their previously estimated concentrations LC’50 after 24 and 168 h of exposure to artificial media and soybean leaves treated, respectively. In laboratory trial ESAM were not antifeedant agents on third-ínstar C includens and A. gemmatalis larvae. In greenhouse trial, ESAM did not reduced C. includens and A. gemmatalis foliar consumption after 72 h of exposure. Nevertheless, ESAM significantly decreased ingested food of both species after 120 and 168 h of exposure, suggesting the insects post-ingestion toxicity. Additionally, was observed 38 and 44% mortality of C. includens and 27 and 39 % mortality of A. gemmatalis after 120 and 168 h, respectively, of exposure. Thus, the results of this study indicate that ESAM represents a potential source of insecticidal compounds with lethal and sublethal activities against C. includens and A. gemmatalis and may be a useful component for the integrated management of this important pest species.

Descrição

Palavras-chave

Lagarta-falsa-medideira, Lagarta-da-soja, Inseticidas botânicos, Anonáceas, Acetogeninas, Mortalidade, Deterrência, Soybean looper, Velvetbean caterpillar, Botanical insecticides, Soursop family, Acetogenins, Mortality, Antifeedant

Como citar