Toward reliable estimates of seed removal by small mammals and birds in the Neotropics

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-05-01

Autores

Christianini, AV.
Galetti, Mauro [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Instituto Internacional de Ecologia

Resumo

Aves são freqüentemente consideradas predadores de sementes de pouca importância, quando comparadas a roedores e formigas granívoras em estudos sobre predação de sementes que utilizam exclusões seletivas. Contudo, é possível que o papel de aves granívoras que interagem com sementes no solo de florestas Neotropicais vem sendo subestimado, se as exclusões seletivas usadas para permitir o acesso exclusivo a pequenos roedores não funcionam de forma apropriada no Neotrópico. Foi usada uma abordagem experimental para avaliar se aves poderiam remover sementes do interior de exclusões seletivas desenhadas para permitir acesso exclusivo a roedores. Comparou-se a remoção de sementes em dois tratamentos no campo: um tratamento aberto (controle) que permite o acesso a todos os vertebrados, e um tratamento de exclusão seletiva, no qual as sementes eram dispostas sob uma gaiola metálica fixada ao solo e recoberta por tela metálica de tamanhos variados. Os tratamentos foram dispostos no centro de uma parcela de areia de forma a registrar a visita de vertebrados por meio de pegadas. Embora as exclusões seletivas sejam usadas para estimar separadamente a remoção de sementes por pequenos mamíferos daquela praticada por outros animais, aves puderam remover sementes das exclusões seletivas. Assim, o papel de aves interagindo com sementes no solo de florestas tropicais pode estar sendo subestimado para algumas espécies de plantas, devido a um artefato do método de exclusão empregado. Exclusões de 40 x 40 x 40 cm devem ser eficientes para deter a remoção de sementes por aves, permitindo o consumo de sementes por pequenos mamíferos ao mesmo tempo.
Birds are often considered seed predators of less importance when compared to rodents or granivorous ants in studies of seed predation using selective exclosures. However, it is possible that the role of granivorous birds interacting with seeds on the floor of Neotropical forests is being underestimated, if the selective exclosures designed to allow exclusive access to small rodents do not work properly in the Neotropics. We used an experimental approach to evaluate whether birds could remove seeds from selective exclosures designed to allow exclusive access to rodents. We compared seed removal from two paired treatments in the field: an open treatment (control) allowing the access to all vertebrates, and a selective exclosure treatment, where seeds were placed under a cage staked to the ground and covered on top and on the laterals by wire mesh of varying sizes. Treatments were placed in the center of a sand quadrat in order to record the visit of vertebrates from their footprints. Although the selective exclosures are used to tell apart the small mammal seed removal from that of other animals, birds could persistently remove seeds from selective exclosures. Thus, the role of birds interacting with seeds on the floor of tropical forests may be underestimated for some plant species, due to an artifact of the exclosure method employed. Exclosures of 40 x 40 x 40 cm should be efficient to deter the removal of seeds by birds, allowing the consumption of the seeds by small mammals at the same time.

Descrição

Palavras-chave

Columbidae, viés experimental, granivoria, predação de sementes, Tinamidae, Columbidae, experimental bias, granivory, seed predation, Tinamidae

Como citar

Brazilian Journal of Biology. Instituto Internacional de Ecologia, v. 67, n. 2, p. 203-208, 2007.