Melhoria do compartilhamento do conhecimento operário: análise no setor vidreiro

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-06-08

Autores

Ribeiro, Vagner Batista

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta pesquisa analisa fatores capazes de apoiar o compartilhamento de conhecimento tácito entre trabalhadores do setor vidreiro, tendo como base o julgamento de operários e gestores. Uma abordagem incluindo métodos quantitativos e qualitativos é aplicada nesta pesquisa. Um questionário estruturado é empregado para a captação de julgamentos de operadores e gestores. Os fatores estudados foram classificados e analisados pelo método Analytic Hierarchy Process (AHP) de Saaty (1977) e pela utilização do processo de redução de julgamentos, baseado na proposta de Harker (1987). Discussões direcionadas, conduzidas com grupos de participantes, foram também empregadas para o fortalecimento das análises. Os resultados evidenciam que a que a dimensão de Socialização é vista pelos operários como um fator-chave para o compartilhamento do conhecimento, e que estes são guiados por suas experiências e por aspectos culturais desenvolvidos ao longo do tempo. Contradizendo esse ponto de vista, o processo de Internalização é destacado pelos gestores, que são motivados por uma necessidade de padronização dos processos, e que consideram práticas de estudo mais benéficas. A premissa desta pesquisa considera a organização do trabalho, produção e conhecimento de forma integrada, analisando fatores relacionados a pessoas e processos, que influenciam no compartilhamento do conhecimento e no desempenho do trabalho no chão de fábrica. A indústria vidreira, delimitada no escopo desta pesquisa, possui sistemas produtivos de alta complexidade e dependência do conhecimento tácito dos operadores, oferecendo um ambiente favorável ao estudo proposto. Esta pesquisa contribui com evidências para a criação de um contexto favorável na promoção do compartilhamento do conhecimento em ambientes de chão de fábrica, compreendendo e classificando fatores existentes capazes de interagir no processo de criação deste contexto. Os resultados estão alinhados com oportunidades de pesquisa (gaps) identificados na literatura, tais como: inovar e buscar competitividade com a transferência de conhecimento nos aspectos de complexidade e; analisar e avaliar fatores que influenciam o conhecimento tácito em grupos de organizações. Os resultados também identificam um padrão para a indústria vidreira no Brasil, fornecendo uma análise de sistemas produtivos de alta complexidade e com dependência do conhecimento tácito dos operadores.
This research analyzes factors enabling tacit knowledge sharing among workers in the glass sector, based on the judgment of workers and managers. An approach including quantitative and qualitative methods is applied in this research. A structured questionnaire is used to capture judgments from operators and managers. The studied factors were classified and analyzed using the Analytic Hierarchy Process (AHP) method, introduced by Saaty (1977), and using a process of judgments reduction, based on the Harker (1987) proposal. Directed discussions, conducted with groups of participants, were also realized to strengthen the analyzes. The results evidence that the dimension of Socialization is considered by workers as a key factor for knowledge sharing, and they are guided by their experiences and by cultural aspects developed over the time. Contradicting this point of view, the Internalization process is highlighted by managers, who are motivated by a need of process standardization, considering study practices more beneficial. The premise of this research considers the organization of work, production and knowledge in an integrated way, analyzing factors related to people and processes, which influence the knowledge sharing and the work performance on the shop-floor. The glass industry, defined in the scope of this research, has productive systems of high complexity and dependence of the operator’s tacit knowledge, offering a favorable environment for this proposed study. This research contributes offering evidences for the creation of a favorable context for the promotion of knowledge sharing in shop floor environments, understanding and classifying existing factors capable to interact in the process of creation for this context. The results are aligned with research opportunities (gaps) identified in the literature, such as: to innovate and seek competitiveness by means of knowledge transfer in aspects of complexity and; to analyze and assess factors influencing tacit knowledge in groups of organizations. The results also identify a pattern for the glass industry in Brazil, providing an analysis of highly complex production systems, which are dependent of the operator’s tacit knowledge.

Descrição

Palavras-chave

Gestão de Operações, Gestão do Conhecimento, Conhecimento Operário, Analytic Hierarchy Process, Gestão de Recursos Humanos, Indústria Vidreira, Operations Management, Knowledge Management, Worker Knowledge, Human Resource Management, Glass Industry

Como citar