Terapia insulínica na abordagem da cetoacidose diabética em cães: revisão sistemática

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-05

Autores

Bizi, Jaqueline [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Diabetes mellitus in dogs is one of the endocrinopathies most commonly reported in the clinical routine, the diabetic ketoacidosis (CAD) is an emergency complication in patients with decompensated diabetes mellitus. Chronic hyperglycemia associated with increased ketone bodies and decreased blood pH constitute the pathophysiological mechanism of patients with CAD, culminating in varying degrees of dehydration, electrolyte and acid-base imbalance. Treatment with insulin therapy is essential for the clinical condition resolution. Thus, this systematic review aimed to analyze the different approaches of insulin therapy applied in cases of CAD. For this purpose, the following pointers (Ketoacidosis OR Diabetic Ketoacidosis) AND (Dog OR Canine) AND (Treatment OR Therapy OR Insulin) were used in the title or summary of the researches that were also evaluated(complete abstract eletronic acess below)
O Diabetes mellitus em cães é uma das endocrinopatias mais relatadas na rotina clínica sendo a cetoacidose diabética (CAD) uma complicação de caráter emergencial em pacientes que apresentam diabetes mellitus descompensado. A hiperglicemia crônica associada ao aumento dos corpos cetônicos e diminuição do pH sanguíneo constituem o mecanismo fisiopatológico de pacientes com CAD. O tratamento com terapia insulínica é fundamental para a resolução do quadro. Diante do exposto, esta revisão sistemática objetivou analisar as diferentes abordagens de insulinoterapia aplicadas nos casos de CAD. Para isso, uma busca em base de dados foi realizada, utilizando os seguintes termos (Ketoacidosis OR Diabetic Ketoacidosis) AND (Dog OR Canine) AND (Treatment OR Therapy OR Insulin) presentes no título ou no resumo das pesquisas que, ainda, foram avaliadas pela qualidade metodológica através da classificação do Oxford Centre for Evidence-Based Medicine e escala de Cook (1993). Sete artigos foram selecionados, todos na língua inglesa. Os estudos demonstraram que a insulina de rápida ação é eficaz para o tratamento da complicação, podendo ser utilizada pela via intramuscular (IM) ou intravenosa (IV). A insulinoterapia deve ser associada à fluidoterapia e tratamentos adicionais após identificação de outras comorbidades. Mais estudos com maior número de cães devem ser executados para adequado delineamento das diretrizes do tratamento da cetoacidose diabética.

Descrição

Palavras-chave

Endocrinologia veterinaria, Emergências, Diabetes mellitus, Insulina, Cães, Insulinal therapy

Como citar

BIZI, Jaqueline. Terapia insulínica na abordagem da cetoacidose diabética em cães: revisão sistemática. 2017. 29 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Medicina Veterinária) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filhos, Faculdade de Medicina Veterinária, 2017.