Diagnóstico do uso do solo na bacia hidrográfica do Ribeirão do Paraíso no município de São Manuel (SP), por meio de geotecnologias

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-07-19

Autores

Pollo, Ronaldo Alberto [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente trabalho teve como objetivos principais avaliar num intervalo de 38 anos, por meio de fotografias aéreas referente ao ano de 1972 e imagem TM (Thematic Mapper) do satélite Landsat-5 de 2010, o uso e ocupação do solo, Áreas de Preservação Permanentes (APPs) e seus conflitos de uso, por meio de técnicas de geoprocessamento na bacia hidrográfica do ribeirão Paraíso, município de São Manuel – SP até sua jusante na divisa com o município de Areiópolis-SP. Essa bacia representa grande importância para São Manuel-SP, pois alguns de seus mananciais abastecem a área urbana do município, valendo salientar que uma de suas nascentes está próxima a um local que por muitos anos funcionou como depósito de lixo a céu aberto localizado no divisor de águas e o outro sendo utilizado ao seu redor por pastagem, com a presença de bovinos tendo acesso direto a nascente e este por sua vez está inserido na Área de Proteção Ambiental (APA) Perímetro Botucatu-SP, considerada uma área de recarga do Aquífero Guarani. O desenvolvimento da agricultura nos dias atuais enfrenta desafios, qual seja produzir mais alimentos sem causar impactos ao meio ambiente. Aliados a esta preocupação, as instituições de pesquisa tem buscado novas tecnologias que permitem a detecção e quantificação das ações antrópicas, possibilitando intervenções e minimizando os danos causados ao meio ambiente. Entre estas tecnologias podem ser citados os sistemas de informações geográficas, onde um grande volume de dados e informações armazenadas de uma região em diferentes épocas pode ser avaliado simultaneamente, sugerindo diversas abordagens sobre o planejamento do uso do solo. Os resultados do mapeamento das áreas de uso e ocupação do...
This work aimed to analyze, in a 38-year interval, by means of 1972 air photographs and TP (Thematic Mapper) image from the Landsat-5 satellite in the year of 2010, the use and occupation of the land, Permanent Preservation Areas (APPs) and its conflicts of use, by means of techniques of geoprocessing in the Paraíso Stream Watershed, in the county of São Manuel-SP until its downstream in Areiópolis-SP. This watershed has great importance to São Manuel-SP, for some of its springs supply the urban area of the county, and it’s important to accentuate that one of its springs is near a place that was used as an open dump for many years, it was located in the watershed and another one was located around it for pasture, with the presence of cattle with straight access to the watershed, which is inserted in the Environment Protection Area (APA) Botucatu Perimeter-SP, considered an area of recharge for the Guarani Aquifer. The development of agriculture, nowadays, faces some challenges, for example, producing more food without harming the environment. Allied to this concern, the research institutions have been looking for new technologies that allow us to detect and quantify anthropogenic actions, enabling interventions and minimizing the harm to the environment. Among these technologies, we can mention the geographic information systems, where a great data volume and stored information of a region in different epochs can be evaluated simultaneously, suggesting several approaches of the land use planning. The results of the mapping of the land using and occupying areas totalized nine sorts of use in 1972, and coffee cultivation represented the greatest occupation (37,94%) of the total of the area. The 2010 mapping resulted in twelve sorts... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Sensoriamento remoto, Bacias hidrograficas, Áreas de conservação de recursos naturais, Geotecnologia ambiental, Environmental geotechnology

Como citar

POLLO, Ronaldo Alberto. Diagnóstico do uso do solo na bacia hidrográfica do Ribeirão do Paraíso no município de São Manuel (SP), por meio de geotecnologias. 2013. ix, 63 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2013.