Influência da velocidade de deslizamento no desgaste do par tribológico ferro fundido cinzento (MC 12 e MC 13) - ferro fundido cinzento centrifugado

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-01-06

Autores

Teixeira, Kleber Donizetti [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O Ferro Fundido é amplamente utilizado na indústria de autopeças do setor automobilístico, principalmente em anéis de pistão, camisa de cilindros, discos de freios e outros, devido a sua boa resistência ao atrito e desgaste, por ter boa condutividade térmica e ser antivibracional. Com a globalização, grandes esforços vêm sendo feitos por pesquisadores, direcionados ao desenvolvimento de novos materiais que atendam os mercados mundiais, trazendo a competitividade necessária na busca de processos de fabricação e pesquisas, objetivando redução de custos, qualidade e produtividade, sendo que no ramo automobilístico a realidade não é diferente. Motores menores e mais leves têm aumentado constantemente os carregamentos térmicos e mecânicos dos componentes, na qual o sistema tribológico do anel de pistão é dos mais complexos. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento tribológico através do teste de bancada pino-disco dos pares: Ferro Fundido Cinzento Centrifugado/ Ferro Fundido Cinzento MC12 e Ferro Fundido Cinzento Centrifugado/ Ferro Fundido Cinzento MC13 em função da velocidade de deslizamento (0,5 m/s, 1,0 m/s e 1,5 m/s). Para os discos (MC 12 e MC 13) a taxa de desgaste decresceu linearmente com o aumento da velocidade de deslizamento, já para os pinos em Ferro Fundido Cinzento Centrifugado, a taxa de desgaste decresceu até 1,0 m/s, e a 1,5 m/s a taxa de desgaste apresentou um ligeiro aumento, determinado pela instabilidade gerada pelo aquecimento da superfície e formação da camada de óxido. O par Centrifugado/ MC 13 apresentou melhor desempenho a 0,5 m/s e o par Centrifugado/ MC 12 a 1,0 e 1,5 m/s. Verificou-se que os mecanismos de desgaste atuantes são: adesão (0,5 m/s), adesão + oxidação (1,0 m/s) e oxidação (1,5 m/s). Em todas as velocidades de deslizamento, os mecanismos principais de desgaste são seguidos de microabrasão
The cast iron is widely used in auto parts industry in the automotive sector, mainly in piston rings, cylinder liners, brake discs and others due to its good resistance to friction and wear, to have good thermal conductivity and be antivibrational. With globalization, great efforts have been made by researchers, directed the development of new materials that meet the global markets, bringing the competitiveness required in the pursuit of manufacturing processes and research, aiming at cost reduction, quality and productivity, and the branch automotive reality is no different. Smaller engines and lighter loads have steadily increased thermal and mechanical components, in which the tribological system piston ring is the most complex. The aim of this study was to evaluate the tribological behavior through the test bench pin-disk pairs: Centrifuged Gray Cast Iron/ Gray Cast Iron MC 12 and Centrifuged Gray Cast Iron/ MC 13 depending on sliding velocity (0.5m/s, 1.0 m/s and 1.5 m/s). For discs (MC 12 and MC 13) the wear rate decreased linearly with increasing sliding velocity, since the pins on Cast Iron Grey centrifuged, the wear rate decreased to 1.0 m / s, and 1, 5 m / s the wear rate increased slightly, as determined by the instability caused by surface heating and the formation of the oxide layer. The pair centrifuged / MC 13 performed better than 0.5 m / s and centrifuged pair / MC 12 to 1.0 and 1.5 m / s. It was found that the prevalent wear mechanisms are adhesion (0.5 m / s), adhesion + oxidation (1.0 m / s) and oxidation (1.5 m / s). In all sliding velocities, the main mechanisms of wear are followed by abrasion

Descrição

Palavras-chave

Tribologia, Tribology

Como citar

TEIXEIRA, Kleber Donizetti. Influência da velocidade de deslizamento no desgaste do par tribológico ferro fundido cinzento (MC 12 e MC 13) - ferro fundido cinzento centrifugado. 2011. 117 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, 2011.