Efeito de produtos homeopático e probiótico no desempenho e comportamento de bovinos da raça guzerá e do cruzamento ½ wagyu ×½ guzerá durante confinamento

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-11-30

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da inclusão de produtos homeopáticos e probióticos na dieta de bovinos Guzerá e ½ Wagyu × ½ Guzerá em confinamento tropical. Foram utilizados 13 bovinos Guzerá e 27 bovinos meio sangue, ambos com pesos médios de 461,00 ± 4,96 kg e 502,00 ± 10,7 kg, respectivamente. O experimento adotou um esquema fatorial 2 × 2, analisando duas composições raciais e a inclusão ou não dos aditivos nas dietas de bovinos confinados. Foram analisados o peso vivo e o ganho médio diário (GMD) dos animais, bem como seus comportamentos diários, agonísticos e de temperamento. As avaliações de temperamento foram realizadas através dos métodos do Escore de Balança e do Escore de Saída. Os animais Guzerá começaram e terminaram o experimento com menor peso vivo. No entanto, os animais ½ Wagyu × ½ Guzerá mostraram uma tendência de maior ganho de peso diário no período de 0 a 28 dias. A inclusão de aditivos na dieta resultou em um leve aumento no GMD, que se tornou significativo ao longo do experimento. Em relação ao comportamento diário, os animais passaram a maior parte do tempo em ócio (cerca de 300 minutos por dia) e dividiram seu tempo entre as posturas deitado e em pé. Eles preferiram realizar atividades enquanto estavam deitados e passaram a maior parte do tempo no piquete. Não foram encontradas interações entre a composição racial e a inclusão de aditivos. Os animais Guzerá passaram mais tempo se alimentando, enquanto os animais ½ Wagyu × ½ Guzerá passaram mais tempo em frente ao bebedouro. A inclusão de aditivos reduziu o tempo gasto em frente ao bebedouro. A adição de aditivos também reduziu significativamente as interações agonísticas. Quanto às reatividades, elas permaneceram baixas em todos os grupos, com os animais Guzerá sendo menos reativos que os animais ½ Wagyu × ½ Guzerá aos 28 dias de experimento. As reatividades não mostraram correlação significativa com o peso vivo ou GMD, mas apresentaram correlação entre si. Em conclusão, a combinação de aditivos homeopáticos e probióticos na dieta de bovinos confinados aumenta o ganho de peso dos animais e ajuda a aliviar o estresse térmico e reduzir as interações agonísticas. Esta abordagem combinada difere de estudos anteriores que usaram os aditivos separadamente. Essas informações podem ser úteis para aplicação de estratégias de manejo, principalmente em climas tropicais, além da melhoria no desempenho de bovinos em sistemas de confinamento.
This study aimed to evaluate the effects of including homeopathic products and probiotics in the diet of Guzerat cattle and ½ Wagyu × ½ Guzerat in tropical feedlot. The experiment used 13 Guzerat cattle and 27 half-blood cattle, both with average weights of 461.00 ± 4.96 kg and 502.00 ± 10.7 kg, respectively. The experiment adopted a 2 × 2 factorial scheme, analyzing two racial compositions and the inclusion or not of additives in the diets of feedlot cattle. The live weight and average daily gain (ADG) of the animals were analyzed, as well as their daily, agonistic, and temperament behaviors. Temperament evaluations were carried out using the Balance Score and Exit Score methods. The Guzerat animals started and ended the experiment with a lower live weight. However, the ½ Wagyu × ½ Guzerat animals showed a trend of greater daily weight gain in the period from 0 to 28 days. The inclusion of additives in the diet resulted in a slight increase in ADG, which became significant over the course of the experiment. Regarding daily behavior, the animals spent most of their time idle (about 300 minutes per day) and divided their time between lying down and standing postures. They preferred to perform activities while lying down and spent most of the time in the paddock. No interactions were found between racial composition and the inclusion of additives. The Guzerat animals spent more time feeding, while the ½ Wagyu × ½ Guzerat animals spent more time in front of the drinking fountain. The inclusion of additives reduced the time spent in front of the drinking fountain. The addition of additives also significantly reduced agonistic interactions. As for reactivities, they remained low in all groups, with Guzerat animals being less reactive than ½ Wagyu × ½ Guzerat animals at 28 days of the experiment. The reactivities showed no significant correlation with live weight or ADG, but showed correlation with each other. In conclusion, the combination of homeopathic additives and probiotics in the diet of feedlot cattle increases the weight gain of the animals and helps to alleviate thermal stress and reduce agonistic interactions. This combined approach differs from previous studies that used additives separately. This information may be useful for the application of management strategies, mainly in tropical climates, in addition to improving the performance of cattle in feedlot systems.

Descrição

Palavras-chave

Bem-estar animal, Bovinos de corte, Comportamento agonístico, Ócio, Agonistic behavior, Animal welfare, Beef cattle, Idleness

Como citar

SARON, Rafael de Arruda. Efeito de produtos homeopático e probiótico no desempenho e comportamento de bovinos da raça guzerá e do cruzamento ½ wagyu ×½ guzerá durante confinamento. 2023. 58 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Faculdade de Engenharia, Universidade Estadual Paulista - Unesp, Ilha Solteira, 2023.