Monarquia ou república? O assunto na Gazeta de Notícias e a opinião de Machado de Assis

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-06-16

Autores

Callipo, Daniela Mantarro [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Durante o ano de 1883, a medição de terras do patrimônio dotal do Conde e da Condessa d'Eu repercutiu de maneira negativa no Senado e provocou uma discussão sobre qual a forma de governo mais barata, se a monarquia vigente ou a república. Machado de Assis fornece sua opinião em uma crônica escrita para a coluna “Balas de Estalo” do jornal carioca Gazeta de Notícias. Servindo-se do pseudônimo de Lélio, analisa o problema de forma divertida e sagaz e sugere uma solução inesperada, utilizando uma frase de Molière para ilustrar seu pensamento. O presente artigo visa demonstrar de que forma uma notícia de jornal leva Machado a retirar versos de uma peça clássica francesa e inseri-los em uma crônica carioca zombeteira, aproximando Lélio, Sosie e a anarquia.
During the year of 1833, the measurement of the lands wich was heritated by the Count d”Eu and his wife, reflected in a bad way in the Senate and provocated an argument about wich kind of governement was cheaper, the monarchy in force or the republic. Machado de Assis presents his opinion in a chronicle wrote to the session “Balas de Estalo” of the brazilian newspaper Gazeta de Notícias. Using the codename “Lélio”, he analyses the problem with humour and suggests an unexpected solution, using a phrase of Molière to illustrates his thought. The aim of this article is to demonstrate how a newspaper’s notice makes Machado take french verses from a classical piece and place them in a mocking carioca chronicle approaching Lélio, Sosie and anarchy.

Descrição

Palavras-chave

monarchy, republic, Machado de Assis’s opinion, Molière, monarquia, república, a opinião de Machado de Assis, Molière

Como citar

Patrimônio e Memória, v. 2, n. 1, p. 40-51.