Orientação afetivo-sexual e desenvolvimento humano: relato de pessoas sobre a infância, adolescência, relações familiares e sociais

Imagem de Miniatura

Data

2011-02-25

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A sexualidade é um fenômeno complexo e até o momento não existe uma teoria que explique, por si só, como ocorre o desenvolvimento da sexualidade, uma vez que o estudo da sexualidade necessita de uma visão multidisciplinar, envolvendo os aspectos biológicos, sociais e psicológicos do desenvolvimento. Partindo de um referencial teórico da análise do comportamento, pode-se considerar que o comportamento sexual, assim como qualquer outro comportamento, é determinado pelos três níveis de seleção, ou seja, é resultante de uma carga genética, somado a um histórico de aprendizagem e ao contexto onde o indivíduo está inserido. Este estudo descritivo teve como objetivo investigar, por meio de relatos de jovens homossexuais e heterossexuais, as opiniões pessoais sobre o desenvolvimento da sexualidade e da orientação afetivo-sexual na infância e adolescência. Participaram oito pessoas com idades entre 22 e 28 anos, sendo quatro homens e quatro mulheres. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas e os relatos obtidos foram analisados em conteúdo resultando nas seguintes categorias: Categoria 1 - relatos sobre o período da infância e adolescência, evidenciando a influência dos modelos comportamentais no desenvolvimento das relações sociais afetivas; Categoria 2 - relatos sobre a relação com familiares, marcada por conflitos, com vínculos afetivos estabelecidos tanto com a figura da mãe quanto a do pai, além da relação com os demais familiares; Categoria 3 - educação sexual: relatos sobre a educação familiar e escolar e a influência na sexualidade, destacando a influência dos aspectos culturais, além das contingências de reforçamento no desenvolvimento humano, além de levantar a participação da escola quanto influência no processo do desenvolvimento humano e, consecutivamente, no desenvolvimento sexual; Categoria 4 - relatos sobre sexualidade...
Sexuality is a complex phenomenon, and there isn't a theory that explains, in itself, as is the development of sexuality, simnce the study of sexuality requires a development. From a analysis of behavior view, it can be considered that sexual behavior, as well as any other behavior, is determined by the three levels of selection, or is the result of a genetic load, coupled with a history of learning and the context in which the individual belongs. This descriptive study aimed to investigate, through reports of young homesexuals and heterosexuals, personal opinions on the development of sexuality and sexual-affective orientation in childhood and adolescence. Eight people participated, aged between 22 and 28 years, four men and four women. The data was collected through interviews and reports were evaluated in content resulting in the following categories: Category 1 - Reports on the period of childhood and adolescence, highlighting the influence of behavior models in the development of affefctive social relations; Category 2 - Reports on the relationship with family, market by conflict, with established emotional ties with mother and father, addressing the relation with the family; Category 3 - Sex education: report on education and family and school influences on sexuality, highlighting the influence of cultural aspects, besides the reinforcement contingencies in human development, besides raising the characteristics of the school on the process of human development and consecutively in sexual development; Category 4 - Reports about sexuality in human development, raising the participants' understanding about sexuality, and the reports related to the early episodes of sexuality; Category 5 - Reports of sexuality current and future expectations, which demonstrated the importance of family, friends and loving couples in the development of sexual identy. At the end of the study, concluded... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Sexo - Causa e determinação, Comportamento humano, Orientação sexual, Comportamento - Avaliação, Human sexuality, Human development, Sexual development, sexual orientation, Analyzing human behavior

Como citar

OLIVEIRA, Felipe Ganzert. Orientação afetivo-sexual e desenvolvimento humano: relato de pessoas sobre a infância, adolescência, relações familiares e sociais. 2011. . Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, 2011.