Tratamento de seis espécies de Eucalyptus spp., utilizando arseniato de cobre cromatado (CCA-C) em método industrial com autoclave

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2014

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

The present work had as objective to evaluate the possibility of use six species of Eucalyptus sp. in processes of wooden preservation with CCA-C autoclave, within a wood preservation plant. 6 species were evaluated from test planting of company: Eucalyptus saligna, E. camaldulensis, C.citriodora, E. maculata, E. urophila x E. grand and E lacrimans, taken from a stand planted in Lucianópolis, state of São Paulo. The pieces were treated following the technical conventional standard, which regulates the tenor of impregnation product of 6,5 kg. mˉ³, of treated wood, predicted by the NBR 9480 (Post from Wood Preserved for fence). Analyzes were performed in the laboratory of quality control of the company Montana Química S/A and it was found that all the pieces were above this holding pattern, which shows that all species have the potential among all species, and were above the minimum established the product had some unsatisfactory results as partial penetration, irregular CCA-C stakes in some of the species C. citriodora, E. camaldulensis, E. lacrimans e E. urophyla x E. grandis.

Resumo (português)

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a possibilidade de uso de seis espécies de Eucaliptus sp.em processos de preservação de madeira com CCA-C em Autoclave, dentro de uma usina de preservação de madeira. Foram avaliadas 6 espécies provenientes de teste de plantio da empresa: Eucalyptus saligna, E. camaldulensis, C. citriodora, E. maculata, E. urophila x grandis e E. lacrimans, retiradas de um povoamento plantado em Lucianópolis, estado de São Paulo. As peças foram tratadas seguindo o padrão técnico convencional, que normatiza o teor de impregnação do produto de 6,5 kg.mˉ³ de madeira tratada, previsto pela NBR 9480 (Mourões de madeira preservada para cercas). Foram realizadas análises no laboratório de controle de qualidade da empresa Montana Química S/A e constatou-se que todas as peças estiveram acima desse padrão de retenção, o que demonstra que todas as espécies tem potencial para tratamento em autoclave. Os resultados demonstraram uma igualdade estatística entre as médias de retenção entre todas as espécies, sendo que estavam acima do mínimo estabelecido por norma. O fator limitante para utilização das espécies esteve na penetração do produto que apresentou alguns resultados insatisfatórios como penetração parcial e irregular do CCA-C em alguns mourões das espécies C. citriodora, E. camaldulensis, E. lacrimans e E. urophyla x E. grandis.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Científica Eletrônica de Engenharia Florestal, v. 23, n. 1, p. 71-80, 2014.

Itens relacionados

Financiadores