Avaliação da Síndrome de Burnout em alunos e professores da escola estadual Deputado Bady Bassitt durante a pandemia de COVID-19

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-01-07

Orientador

Martins, Raul Aragão

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Ciências Biológicas - IBILCE

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O isolamento social, medida de prevenção adotada para o controle da pandemia de COVID-19, afetou diversas esferas da sociedade como a economia, a política e a educação, evidenciando e acentuando as desigualdades no Brasil, com as portas fechadas, a escola viu a necessidade de se reinventar, encontrando no ensino remoto um instrumento para a manutenção da relação professor-aluno. Quando pensamos nos alunos do ensino médio, falamos de estudantes entre 15-18 anos de idade, fase da vida marcada por mudanças físicas e psicológicas, que por si só, já são fatores estressores. O estresse é ocasionado pela necessidade de adaptação a uma circunstância e não pela causa da tensão em si. A síndrome de Burnout por sua vez, é uma é uma resposta emocional a situações de estresse crônico em situações intensas de trabalho com outras pessoas, sendo um estresse de caráter duradouro vinculado às situações de trabalho, sendo resultante da constante e repetitiva pressão emocional atrelada ao intenso envolvimento com pessoas por longos períodos. Na educação, o Burnout é um fenômeno complexo e multidimensional não dizendo respeito apenas à sala de aula ou ao contexto institucional, mas sim a todos os fatores desta relação. A ocorrência em professores tem sido considerada um fenômeno psicossocial relevante pois afeta não somente o docente, mas todo o ambiente educacional, uma vez que os profissionais atingidos pela síndrome desenvolvem um processo de alienação, desumanização e apatia. Em nosso trabalho, constatamos que seis alunos do ensino médio da Escola Deputado Bady Bassit se enquadraram na síndrome, sendo a maioria dos anos finais do ensino médio e que 18 alunos apresentam quadro de exaustão, 19 de descrença e 15 se sentem inadequados como aluno, sendo a maioria mulheres, quanto aos professores e gestores não houve quadro de Burnout, no entanto as respostas quanto desgaste psíquico podem ser indicativos de que, no futuro, a síndrome pode ser uma realidade. Esses resultados refletem o momento atual, em que constantemente há necessidade de adaptação dos professores e alunos, que dividem sua realidade no modo online e presencial, além das inseguranças quanto saúde e instabilidade financeira ocasionadas no período pandêmico. Dessa forma, o material didático elaborado objetiva esclarecer os efeitos do estresse em nosso corpo e como podemos reconhecê-lo para evitar que o mesmo se torne crônico.

Resumo (inglês)

Social isolation, a preventive measure adopted to control the COVID-19 pandemic, affected various spheres of society such as the economy, politics and education, highlighting and accentuating how inequalities in Brazil, with closed doors, the school saw the need to reinvent oneself, finding in remote learning an instrument to maintain the teacher-student relationship. When we think of high school students, we are talking about students between 15-18 years of age, a stage of life altered by physical and psychological changes, which in themselves are already stressful factors. Stress is caused by the need to adapt to the circumstance and not the cause of the tension itself. Burnout syndrome, in turn, is an emotional response to hypotheses of chronic stress in situations of working with other people, with a lasting effect of stress linked to work situations, resulting from the constant and repetitive emotional pressure linked to the intense involved with people for long periods. In education, Burnout is a complex and multidimensional phenomenon that concerns not only the classroom or the institutional context, but all factors in this relationship. Occurrence in teachers has been considered a relevant psychosocial phenomenon because it affects not only the teacher, but the entire educational environment, since professionals affected by the syndrome develop a process of alienation, dehumanization and apathy. In our work, we found that six high school students from Escola Deputado Bady Bassit fell into the syndrome, most of them in the final years of high school and that 18 students were exhausted, 19 were described and 15 feel inadequate as a student, the majority being women. as for teachers and administrators, there was no burnout condition, however the answers regarding the psychic exhaustion may be indicative that, in the future, the syndrome may be a reality. These results reflect the current moment, in which there is a constant need for adaptation by teachers and students, who share their reality online and in person, in addition to the insecurities regarding health and financial instability caused during the pandemic period. Thus, the didactic material developed aims to clarify the effects of stress on our body and how we can recognize it to prevent it from becoming chronic.

Descrição

Idioma

Português

Como citar