Transição política e cotidiano penitenciário

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2004-01-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este trabalho dedica-se ao estudo das décadas de 1980 e 1990 no Brasil, a partir da transição política, mas procurando abordar também seus desdobramentos que se materializaram, em grande parte, nos anos 1990. A abordagem baseia-se no estabelecimento de relações entre as mudanças políticas, em suas possibilidades e seus limites, e no cotidiano de instituições penitenciárias do Estado de São Paulo inicialmente, e posteriormente em uma região específica, o Oeste Paulista. Chegou-se assim à identificação das diferentes temporalidades próprias de cada uma delas, por vezes materializadas em fissuras no processo de democratização que envolvia o debate acerca dos direitos humanos, além da identificação das relações de poder comuns e específicas.
This paper dedicate oneself to the study of the 1980's and 1990's decades in Brazil, since political transition, searching also to approach its extend that materialized, the most part, at the 1990's. The approach is based on establishing relations among political changes, its possibilities and its limits, and the quotidian of São Paulo's prisons institutions initially, and afterwards of a specific region: the São Paulo western. We could reach, then, to identify distinct own temporalities of each one, sometimes materialized in fissures at democratization process that involved human rights discussion, besides the identification of common and specific power relationship.

Descrição

Palavras-chave

Penitenciárias paulistas, Regime militar, história do cotidiano, São Paulo State prisons, Military period, quotidian history

Como citar

História (São Paulo). Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, v. 23, n. 1-2, p. 219-238, 2004.