Estudo comparativo das tensões e microdeformações ao redor de pilares protéticos microunit e ucla sob carregamento axial estático

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-12-03

Orientador

Nishioka, Renato Sussumu

Coorientador

Pós-graduação

Odontologia Restauradora - ICT

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The aim of this in vitro study was to compare microstrain and stress development around implants during axial loading, varying abutment type and load application point, using strain gauge and photoelastic analysis. Two polyurethane blocks were made, being inserted three external hexagon implants each. Microunit abutments were screwed on the first block and UCLA abutments were screwed on the second block. The respective plastic copings were installed onto the microunit abutments. The plastic copings and UCLA abutments were adapted to a standard resin pattern and cast in Ni-Cr alloy. The blocks were replicated in photoelastic resin. The metallic structures were screwed into the microunit abutments and into the implant plataform, respectively. The photoelastic blocks were submitted to a static vertical 7,5 kgf load using a load application device adapted on polariscope. Four strain gauges were bonded to the surface of each polyurethane block, tangetially to each implant. A static vertical 30 kgf load was applied for 10 seconds, using a load application device on points A, B and C. The data were analyzed by two-way RM ANOVA and Sidak's post hoc test (p< 0.05). Ucla abutments showed lower microstrain mean values (597,8 με) when compared to microunit abutments (988,3 με). The abutment factor was statistically significant (p<0.0001), load application point wasn't statistically significant (p=0,9437). UCLA system showed similar stress distribution patterns to conventional abutments. The pattern of stress distribution was different at point B. In conclusion, the presence of conventional prosthetic pillar interfered in stress distribution and microstrain development

Resumo (português)

O objetivo deste estudo in vitro foi comparar a microdeformação e a concentração de tensões ao redor de implantes, geradas por cargas axiais estáticas, em pilares protéticos microunit e ucla, por meio da extensometria e fotoelasticidade. Foram confeccionados dois blocos em poliuretano, sendo inseridos três implantes de hexágono externo em cada. Os implantes do primeiro bloco receberam pilares protéticos microunit e, nos implantes do segundo bloco, foram instalados pilares protéticos ucla. As respectivas coifas plásticas foram posicionadas sobre os pilares protéticos microunit. As coifas plásticas microunit e ucla foram adaptadas a uma estrutura em resina padronizada e fundidas em liga Ni-Cr. Os blocos foram duplicados em resina fotoelástica. As supraestruturas metálicas foram parafusadas sobre os respectivos pilares protéticos. Os blocos fotoelásticos foram submetidos a uma carga axial de 7,5 kgf usando um dispositivo de aplicação de carga adaptado em polariscópio. Foram colados quatro extensômetros na superfície superior de cada bloco em poliuretano, tangenciando cada um dos implantes. Foi utilizado um dispositivo de aplicação de cargas com carga axial de 30 kgf sobre os pontos A, B e C, durante 10 segundos. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente através do teste RM ANOVA dois fatores e teste post hoc de Sidak (p<0,05). Os pilares protéticos ucla apresentaram menores valores médios de microdeformação (597,8 με), quando comparado aos pilares protéticos microunit (988,3 με). O fator pilar foi estatisticamente significante (p <0,0001), o ponto de aplicação da carga não foi estatisticamente significante (p = 0,9437). Os pilares protéticos ucla mostraram padrões de distribuição de tensão semelhantes aos pilares protéticos microunit. O padrão de distribuição das tensões foi diferente no ponto de aplicação de carga B. Em conclusão, a p presença de pilar prótetico convencional interferiu....

Descrição

Idioma

Português

Como citar

SANTIS, Leandro Ruivo de. Estudo comparativo das tensões e microdeformações ao redor de pilares protéticos microunit e ucla sob carregamento axial estático. 2015. 116 f. Dissertação (mestrado) -UNESP - Univ Estadual Paulista, Instituto de Ciência e Tecnologia de São José dos Campos, 2015.

Financiadores