Efeito da ciclagem mecânica sobre a resistência de união de pinos intra-radiculares de fibra cimentados com resina à dentina

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005-12-09

Orientador

Bottino, Marco Antonio
Scotti, Roberto

Coorientador

Pós-graduação

Odontologia Restauradora - ICT

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este estudo avaliou o efeito da ciclagem mecânica sobre a resistência de união de pinos intra-radiculares de fibra cimentados com resina à dentina. As hipóteses desse trabalho são que a resistência adesiva não varia após o teste de fadiga e também não varia em função do tipo de pino de fibra. A parte coronária de 60 dentes humanos unirradiculares foi seccionada, obtendo-se espécimes (sp) de 16mm, que foram submetidos à instrumentação endodôntica e então 30 sp foram preparados (12mm) para receber um pino de fibra de quartzo (D.T. Light-Post) [DT] e 30 foram preparados para um pino de fibra de vidro (FRC Postec Plus) [FRC]. Os pinos foram cimentados (All-Bond + cimento resinoso Duolink) e a parte radicular dos sp foi embutida em resina epóxica até 3mm da porção cervical. Foram constituídos 6 grupos (n=10), considerando o tipo de pino de fibra e o regime de ciclagem mecânica (carga: 50 N; 45° em relação ao longo eixo do sp; freqüência: 8Hz): G1- DT + sem ciclagem; G2- DT + 20.000 ciclos; G3- DT + 2.000.000 ciclos; G4- FRC + sem ciclagem; G5- FRC + 20.000 ciclos; G6- FRC + 2.000.000 ciclos. Os sp foram então seccionados perpendicularmente ao longo eixo do sp,obtendo-se fatias de aproximadamente 2mm (4 secções / sp) que foram submetidas ao ensaio de push-out em máquina de ensaio universal (1mm.min-1). A média de resistência adesiva das repetições de cada espécime foi obtida e os dados (n=10) foram submetidos à análise estatística (a=0,05). A ANOVA mostrou que: (a) as resistências adesivas do pino DT (7,12 l 2,20 MPa) e do pino FRC (6,87 l 2,12 MPa) foram estatisticamente semelhantes entre si (P=0,665); (b) os valores obtidos para a condição sem ciclagem (6,96 l 2,44 MPa), 20.000 (6,99 l 2,08 MPa) e 2.000.000 (7,02 l 2,00 MPa) foram similares estatisticamente (P=0,996); (c) os 6 grupos foram estatisticamente semelhantes entre si (P=1,000)...

Resumo (inglês)

This study evaluated the effect of the mechanical cycling on the bond strength of fiber posts resin bonded to root dentin. The tooth crown of the 60 single-rooted human teeth was cut, leaving a 16-mm long root specimens (sp) that were endondontically treated and the space prepared in 12mm. Thirty sp received a quartz fiber post (D.T. Light-Post) and 30 sp received a glass fiber post (FRC Postec Plus). The posts were resin luted in the post space and each sp was embedded with epoxy resin (resin 285, Schaller, Florence, Italy) in a PVC cylinder (height: 25 mm, diameter: 10 mm). Sp were divided into 6 groups, considering the fiber post type and number of the mechanical cycles (load: 50 N; angle of 45°; frequency: 8Hz): G1- DT + without cycling; G2- DT + 20,000 cycles; G3- DT + 2,000,000 cycles; G4- FRC + without cycling; G5- FRC + 20,000 cycles; G6- FRC + 2,000,000 cycles. The sp were cut perpendicular to their long axis, to form 2-mm-thick disk-samples (4 sections / sp), which were submitted to the push-out test (1mm.min-1). The mean bond strength values were calculated for each tooth (n=10) and data were statistical analyzed (a=.05). ANOVA revealed that: (a) the bond strengths of DT (7,12 l 2,20 MPa) and of FRC (6,87 l 2,12 MPa) were statistically similar (P=0,665); (b) the mean values for the without cycling groups (6,96 l 2,44 MPa), 20,000 cycles groups (6,99 l 2,08 MPa) and 2,000,000 cycles groups (7,02 l 2,00 MPa) were not statistically different (P=0,996); (c) the 6 groups were not statistically different (P=1,000). It was concluded that the mechanical cycling did not affect the bond strength of two fiber posts resin bonded to dentin.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

SOARES, Luiz Felipe Valandro. Efeito da ciclagem mecânica sobre a resistência de união de pinos intra-radiculares de fibra cimentados com resina à dentina. 2005. 111 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de São José dos Campos, 2005.