Linfoma multicêntrico Canino: diagnóstico, classificação, estadiamento e prognóstico

Imagem de Miniatura

Data

2018-11-08

Autores

Proença, Letícia Rodrigues

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O linfoma é uma das neoplasias mais frequentes na espécie canina, representando em torno de 7 a 24% de todas as neoplasias caninas e 83% das originárias do sistema hematopoiético. Apesar de possuir etiologia desconhecida, sabe-se que animais de meia-idade são os mais acometidos, bem como parece haver um fundo genético, com predisposição racial a exemplo do Boxer, Beagle, Basset Hound e Poodle. Este tumor se origina principalmente de órgãos linfoides, mas pode se desenvolver em qualquer órgão a partir da migração de linfócitos tumorais, sendo classificados então de acordo com sua localização anatômica nas formas: alimentar, cutânea, extranodal, mediastínica e multicêntrica. O diagnóstico é feito com base em exames citológicos, histopatológicos e outros, que classificam o linfoma, levando em consideração a origem celular, quanto ao grau e ao fenótipo (T, B e T/B); sendo também necessário realizar o estadiamento clínico, com a aplicação do sistema TNM, para assim se obter o melhor planejamento de protocolo terapêutico e, em sequência, a melhor indicação de prognóstico. Tendo em vista a alta incidência do linfoma multicêntrico entre as patologias caninas que se apresentam no cotidiano da clínica, o objetivo deste Trabalho de Conclusão de Curso é apresentar em uma revisão de literatura os métodos utilizados para o diagnóstico e classificação do linfoma multicêntrico, para que o clínico possa definir o melhor protocolo terapêutico e, então, obter um melhor prognóstico para os cães portadores desta lesão.
The lymphoma is one of the most frequent neoplasia on canine species, therefore, it represents from 7 to 24% of all dogs neoplasias and 83% of the hematopoietic ones. Although its etiology is unkown, it is known that mid-aged dogs are the mostly affected ones, and so it seems to have a genetic factor to it, with high incidence in breeds as Boxer, Beagle, Basset Hound and Poodle. This tumor originates mainly on lymphoid tissues, but they may appear in almost any tissue by the migration of malignant lymphocytes, then, being classified based on anatomic location as: gastrointestinal, cutaneous, mediastinal, extranodal and multicentric. The diagnosis is made based on cytologic exams, histopathologic and others, that classifies the malignant lymphoma as its cellular origin, as the degree and phenotype (T, B, and T/B); and so it is necessary to do the clinical staging, applying the TNM system, in order to get the best therapeutic protocol planning and, in sequence, indicate the prognosis. Given that the multicentric lymphoma have a high incidence between canine pathologies that are daily on the clinic, the objective of this Undergraduate Final Work is to present, as a literature review, the newly and most used diagnosis methods and classification of multicentric lymphoma, so the clinician can define the best therapeutic protocol and, then, obtain a better prognosis to the dogs with this disease.

Descrição

Palavras-chave

Linfoma multicêntrico, Cães, Diagnóstico, Multicentric lymphoma, Dogs, Diagnosis

Como citar