Desenvolvimento de dispositivos para diagnósticos e genotipagem de Hepatite C

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-08-21

Autores

Pesquero, Naira Canevarolo [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

No presente trabalho estudou-se a construção de um genossensor e sua viabilidade para compor um dispositivo de análise rápida que pudesse ser aplicado na realização do diagnóstico e genotipagem do vírus da Hepatite C (HCV). Primeiramente otimizou-se uma metodologia para a construção dos eletrodos de carbono impresso, os quais foram empregados como dispositivo transdutor. O genossensor foi, então, construído pela imobilização da sonda de captura na superfície do eletrodo de carbono. A sua superfície foi eletroquimicamente oxidada para a geração de grupos carboxílicos, os quais foram utilizados para a imobilização da proteína estreptavidina (STA). A sonda de captura biotinilada foi, então, imobilizada via interação biotina-STA, sendo os sítios remanescentes da STA bloqueados com biotina. Monitorou-se o evento biológico de hibridização entre a sonda de captura e sua sequência complementar via corrente de oxidação da base nitrogenada guanina. Para tanto foi empregada a técnica de voltametria de onda quadrada. Este genossensor demonstrou alta seletividade frente às sequências de oligonucleotídeos contendo uma e quatro bases não complementares e sequências provenientes de viroses coinfectantes do HCV (HIV e HBV). O genossensor estudado foi aplicado na identificação de amostras provenientes de pacientes HCV positivos (HCV do tipo 1 e 3) e negativos. O estudo das amostras negativas possibilitou a determinação de um valor de cut-off de 37 μA, o qual foi utilizado na genotipagem das amostras classificadas como positivas. Em seguida, construiu-se uma célula de detecção com volume de 25 μL utilizando a cerâmica LTCC (do inglês, Low Temperature Co-Fired Ceramic). Os eletrodos de trabalho, referência e auxiliar foram confeccionados dentro da célula utilizando tintas condutoras...
In the present work was studied the construction of a genosensor and its availability to compose a device for fast analysis which could be applied in Hepatitis C virus (HCV) diagnose and genotyping. Firstly the methodology for screen printed electrodes’ construction was optimized and these electrodes were used as transducer device. Then the genosensor was constructed immobilizing the capture probe on the electrode surface. Thereunto the surface was electrochemically oxidized to carboxylic groups formation, which were used to streptavidin (STA) immobilization. After the biotinilated probe was immobilized through biotin-STA interaction, and the STA reminiscent sites were blocked with biotin solution. Hybridization between the capture probe and its complementary sequence was monitored by means of the guanine oxidation current. Square wave voltammetry was used to this end. The final genosensor showed high selectivity when incubated in solution containing sequences with one and four non complementary nitrogenous bases and also with sequences of coinfecting viruses (HIV e HBV). This genosensor was applied in the identification of samples of HCV positives (HCV type 1 and 3) and negatives patients. This study allowed the determination of the cut-off value (37 μA) which was used in the HCV positive genotyping process. Then a 25 μL detection cell was constructed using LTCC ceramic. The working, reference and auxiliary electrodes were prepared inside the cell by means of conducting inks. The cell electrochemical behavior was evaluated in a standard system (with the redox pair Fe(CN)6 3+/Fe(CN)6 4+). Finally, the genosensor was constructed inside the detection cell using carbon nanotubes as amplifier of the guanine oxidation signal. A very good performance to the conjoint was observed, which means that this... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Quimica analitica, Hepatite C, Eletrodo de carbono, Hepatitis C

Como citar

PESQUERO, Naira Canevarolo. Desenvolvimento de dispositivos para diagnósticos e genotipagem de Hepatite C. 2013. 140 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Química de Araraquara, 2013.