Estresse, depressão e percepção de suporte familiar em estudantes de educação profissionalizante

dc.contributor.advisorCalais, Sandra Leal [UNESP]
dc.contributor.authorCamargo, Valdirlene Checheto Vincenzi [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:29:00Z
dc.date.available2014-06-11T19:29:00Z
dc.date.issued2011-12-15
dc.description.abstractO estresse corresponde a um processo que desencadeia uma relação neuropsicofisilógica nos indivíduos, auxiliando-os a se adaptarem a novas situações. Quando excessivo, pode provocar consequencias negativas para o funcionamento dos organismos, sendo uma das causas de desencadeamento da depressão. Também conhecida como transtorno de humor, a depressão relaciona-se à limitação da atividade e do bem-estar dos indivíduos, comprometendo sua qualidade de vida. O suporte familiar refere-se às características psicológicas presentes nas relações familiares, ajudando os indivíduos no enfrentamento de situações estressantes e funcionando como fator de proteção contra o desenvolvimento de doenças mentais como a depressão. Os estudantes da educação profissionalizante correspondem a uma categoria pouco investigada no que se refere a estresse, depressão e suporte familiar, a qual está sujeita às resposabilidades escolares, às exigências profissionais e às expectativas do mercado de trabalho. Estes fatores podem funcionar como fontes de desencadeadoras de estresse, evoluindo para sintomas mais graves, como é o caso da depressão. O apoio da familia pode funcionar como fonte amortecedora do estresse e a audiência do suporte familiar como uma fator de risco para a depressão. Considerando este contexto, este estudo teve como objetivo investigar os níveis de estresse, a intensidade dos sintomas de depressão e a percepção do suporte familiar em estudantes de educação profissionalizante e identificar possíveis diferentes entre estes construtos, considerando variáveis como sexo, idade, número de filhos, estado civil, nível escolar, nível sócio-econonômico, trabalho, local de residência, atividades físicas e de lazer e crença religiosa. Participaram da pesquisa 200 estudantes, de ambos os sexos, dos quais 117 (58,5%) eram do sexo masculino...pt
dc.description.abstractStress is a process that triggers a neuropsysiology reaction in individuals, helping them to adapt to new situations. When excessive, can cause negative consequences for the functioning of organisms, being one of onset of depression. Also known as mood disorder, depression is related to activity limitation and well-being of individuals, affecting their quality of life. The Family Support refers to the psychological characteristics present in family relationships, assisting individuals in coping with stressful situations and working as a protective factor against the development of mental illnesses like depression. Studants of professional education correspond to a poorly investigated category with regard to stress, depression and family support, which is subject to shool responsibilities, the job requirements and expectations of the labor market. These factors can act as sources of stress triggering, progressing to more severe symptoms such as depression. Family support can act as a source of stress dramping and the absence of family support as a risk factor for depression. Considering the context, this study aimed to investigate the levels of stress, the intensity of the symptoms of depression and perception of family support in professional education students and identify possible differences between these constructs, considering variables such as gender, age, number of children, marital status, education, socio-economic level, work, place of residence, physical activity and leisure and religious belief, 200 students participated in the survey, of both sexes, of which 117 (58,5%) were male and 83 (41,5%) were female, the last cycle of training courses of a technical school in a district of west of São Paulo, being factors include being 18 years old and finishing high school. In addition to a Characterization... (Complete abstract click electronic access below)en
dc.format.extent93 f. :
dc.identifier.aleph000678628
dc.identifier.capes33004056085P0
dc.identifier.citationCAMARGO, Valdirlene Checheto Vincenzi. Estresse, depressão e percepção de suporte familiar em estudantes de educação profissionalizante. 2011. 93 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, 2011.
dc.identifier.filecamargo_vcv_me_bauru.pdf
dc.identifier.lattes2312685254813659
dc.identifier.orcid0000-0001-5704-4643
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/97509
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectStress (Psicologia)pt
dc.subjectDepressão mentalpt
dc.subjectFamíliapt
dc.subjectEnsino profissionalpt
dc.subjectDepressionen
dc.subjectFamily supporten
dc.subjectProfessional educationen
dc.titleEstresse, depressão e percepção de suporte familiar em estudantes de educação profissionalizantept
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.advisor.lattes2312685254813659
unesp.advisor.orcid0000-0001-5704-4643
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências, Baurupt
unesp.graduateProgramPsicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem - FCpt
unesp.knowledgeAreaPsicologia do desenvolvimento e aprendizagempt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
camargo_vcv_me_bauru.pdf
Tamanho:
840.72 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format