Efeito de fungicida de ação tríplice na expressão de genes em abelhas melíferas bem e mal nutridas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-10-03

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O uso constante de agrotóxicos em cultivos agrícolas, embora seja necessário para o combate às pragas e doenças, é prejudicial para a manutenção das populações de agentes polinizadores, inclusive as abelhas. Dentre tais produtos, destacam-se os fungicidas, pois seu uso recorrente tem ocasionado a seleção de fungos fitopatogênicos resistentes. Dessa forma, doses maiores dos fungicidas comerciais são empregadas no campo, até que produtos com novos princípios ativos sejam disponibilizados ao agricultor. Uma nova estratégia para o combate de fungos fitopatogênicos é a formulação de fungicidas com três princípios ativos, visando o controle de populações de fungos em diferentes fases do ciclo de vida. Se esta alternativa tem se mostrado promissora do ponto de vista agronômico, para apicultores tal medida aparenta ser preocupante. Nesse contexto agrícola, no qual é usual o plantio de vastas áreas com monoculturas, há de se considerar o estado nutricional e imunológico desses insetos polinizadores, haja vista que deficiências nutricionais podem implicar em maior suscetibilidade a agentes estressores, como os fungicidas. O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos dos fungicidas bixafen, protioconazol e trifloxistrobina, isolados ou em associação, sobre a expressão de genes com função inerente a processos de detoxificação, nutrição, longevidade e imunidade de abelhas melíferas, que tiveram a sua alimentação suplementada ou restrita, utilizando-se doses dos fungicidas que podem contaminar as abelhas quando a aplicação é realizada de acordo com as recomendações agronômicas. Neste ensaio, foram estabelecidas duas doses de contaminação: 1 e 7 μg de cada fungicida por abelha. O manejo alimentar consistiu em alimentar cinco colônias com dietas formuladas com ingredientes energéticos e proteicos por 15 semanas. Durante o mesmo período, outro grupo de cinco colônias não teve sua alimentação suplementada e para restringir o consumo de alimento proteico, foi colocado um coletor de pólen no alvado de cada colmeia. Após este período, foram coletadas abelhas campeiras, que foram contaminadas por contato com as doses preestabelecidas. Após 48h da contaminação, as abelhas foram dissecadas, e os abdomens sem intestino foram utilizados para a análise de expressão gênica por meio de PCR em tempo real. Houve alteração da expressão dos 10 genes avaliados com os três fungicidas, com destaque para a infrarregulação observada quando as abelhas foram contaminadas com a maior dose dos três fungicidas em associação. Abelhas do grupo de colônias com suplementação alimentar apresentaram menos diferenças em relação ao controle (sem fungicida) em relação às abelhas do grupo com restrição alimentar. Os fungicidas estudados podem comprometer a saúde das abelhas, principalmente quando a contaminação se dá por meio da associação dos três fungicidas em dose de 7 μg de cada fungicida por abelha
The constant use of pesticides in agricultural crops, although necessary to control pests and diseases, is detrimental to the maintenance of populations of pollinating agents, including bees. Among such products, fungicides stand out, as their recurrent use has led to the selection of resistant phytopathogenic fungi. Thus, larger doses of commercial fungicides are used in the field, until products with new active ingredients are made available to the farmers. A new strategy for combating phytopathogenic fungi is the formulation of fungicides with three active ingredients to control fungal populations at different stages of their life cycle. If this alternative has been shown to be promising from an agronomic point of view, for beekeepers such a measure appears to be worrying. In this agricultural context, in which it is usual to plant vast areas with monocultures, the nutritional and immunological status of these pollinating insects must be considered, given that nutritional deficiencies may result in greater susceptibility to stressors, such as fungicides. The objective of this work was to study the effects of the fungicides bixafen, prothioconazole and trifloxystrobin, alone or in association, on the expression of genes with an inherent function in detoxification processes, nutrition, longevity, and immunity of honey bees, which had their food supplemented or restricted, using doses of fungicides that can contaminate the bees when the application is carried out according to agronomic recommendations. In this test, two contamination doses were established: 1 and 7 µg of each fungicide per bee. Feeding management consisted of feeding five colonies with diets formulated with energy and protein ingredients for 15 weeks. During the same period, another group of five colonies did not have their food supplemented and to restrict the consumption of protein food, a pollen trap was placed on the front of each hive. After this period, forager bees were collected, which were contaminated by contact with pre-established doses. After 48 hours of contamination, the bees were dissected and the abdomens without intestines were used for gene expression analysis using real-time PCR. There was a change in the expression of the 10 genes evaluated with the three fungicides, with emphasis on the downregulation observed when the bees were contaminated with the highest dose of the three fungicides in combination. Bees in the group of colonies with food supplementation showed less differences in relation to the control (without fungicide) in comparison to the bees in the group with food restriction. The fungicides studied can compromise the bee’s health, especially when contamination occurs through the association of the three fungicides at a dose of 7 µg of each fungicide per insect.

Descrição

Palavras-chave

Fungicidas, Toxicidade, Proticonazol, Imunidade, Agrotoxicos

Como citar

KATO, A. Y. - Efeito de fungicida de ação tríplice na expressão de genes em abelhas melíferas bem e mal nutridas - 2023, 59f - Dissertação(Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal SP, 2023.