Relações na escola da infância: perspectivas teóricas e didático-pedagógicas

Imagem de Miniatura

Data

2013

Autores

Ribeiro, Aline Escobar Magalhães
Lima, Elieuza Aparecida de [UNESP]
Valiengo, Amanda [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

This article portrays pathways and studies, arising from research already completed on relationships that constitute the process of appropriation-objectification of the world of human culture by the child at the School for Children, under the gaze of Historical-Cultural Approach. The studies had been configured in accord with a theoretical look that understands the relations as propeller of the humanization process and the child as capable to learn since very small. Initially, there is deepening of theoretical issues concerning the regularities of human development between three and six years old, based on the propositions of the Historical-Cultural Approach. Subsequently, it presents results of the routes methodological that integrated observation sessions of educational practice in schools in early childhood education, involving the relationship between children, adults and objects, as well as sessions of designs and semi-structured interviews with the children. These results show the resulting analysis of the pedagogical implications of the propositions of the HistoricalCultural Approach about the humanization process, mediation and activity.
Esse artigo retrata percursos e estudos, advindos de pesquisa já concluída, sobre relações constituintes do processo de apropriação-objetivação do mundo da cultura humana pela criança na Escola da Infância, sob o olhar do Enfoque Histórico- -Cultural. O estudo configurou-se em consonância com um olhar teórico que entende as relações como propulsoras do processo de humanização e a criança como capaz de aprender desde muito pequena. Inicialmente, há aprofundamento de questões teóricas referentes às regularidades de formação humana entre os três e os seis anos de idade, com base nas proposições do Enfoque Histórico-Cultural. Posteriormente, apresenta-se resultados do percurso metodológico que integrou sessões de observação da prática educativa em escolas de Educação Infantil, envolvendo as relações entre as crianças, os objetos e os adultos; assim como sessões de desenhos e entrevistas semiestruturadas com as crianças. Esses resultados partem de análises advindas das implicações pedagógicas das proposições do Enfoque Histórico-Cultural acerca dos processos de humanização, de mediação e de atividade.

Descrição

Palavras-chave

Criança, educação infantil, Enfoque Histórico-Cultural, Escola Infantil, Relações Educativas

Como citar

Revista de Educação PUC-Campinas, v. 18, n. 2, p. 139-149, 2013.